terça-feira, 23 de junho de 2015

CRIME ORGANIZADO: PRESO COMANDAVA DE DENTRO DO PRESÍDIO QUADRILHA QUE ATUAVA COM ROUBO DE CARGAS; MULHER E AMANTE AJUDAVAM NA LOGÍSTICA DOS ROUBOS

Mandados de prisão e de busca e apreensão foram cumpridos em Pernambuco e Alagoas.

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) desarticulou, na manhã desta terça-feira (23), uma quadrilha que atuava no roubo de carros e assaltos a veículos de carga nas BRs 101 e 104, em Alagoas, Paraíba e Pernambuco. O grupo criminoso era formado por sete pessoas, sendo quatro deles da mesma família. Quatro integrantes da quadrilha foram presos durante operação denominada Cleptus e os outros três já estavam detidos. Os mandados de prisão e de busca e apreensão foram cumpridos em Pernambuco e Alagoas.

De acordo com a polícia, a quadrilha roubava carros para então assaltar veículos de carga nas rodovias. Eles utilizavam bloqueadores de sistemas de rastreamento, utilizados como medida de segurança pelas transportadoras de cargas. Em algumas situações, drogavam as vítimas, que ficavam desacordadas e eram abandonadas em locais de difícil comunicação.

O grupo criminoso era comandado, de dentro da cadeia, por um pernambucano de 39 anos, que comprava drogas com o dinheiro da venda dos produtos roubados. O filho mais velho dele, um jovem de 23 anos, também preso, intermediava a compra dos entorpecentes. O mais novo, de 21 anos, além de atuar diretamente nos assaltos, fazia o transporte das drogas em ônibus interestaduais. Ele foi flagrado com cerca de R$ 80 mil em pasta base de cocaína durante abordagem da PRF na BR-101, em Alagoas, onde permanece preso.

Ainda segundo a polícia, a esposa de 37 anos e a amante de 39 anos do pernambucano ajudavam na logística das ações criminosas, além de ocultarem os produtos roubados, intermediarem a venda de armas e depositavam o dinheiro para a compra de drogas. Em Pernambuco, além da amante, foi preso um homem de 50 anos. Já em Alagoas, a esposa e um homem de 28 anos também foram detidos.

Com o grupo, a polícia encontrou três veículos roubados, sendo dois carros e uma motocicleta, quatro máquinas fotográficas, um revólver calibre .38, diversos cartões bancários, cinco celulares, dois equipamentos de som automotivo, um notebook e uma carga de cigarros. As fichas policiais dos integrantes da quadrilha incluem passagens por homicídio, roubos, tráfico de drogas, receptação, adulteração e uso de documento falso.

A operação Cleptus começou a ser planejada em março, após assalto a um carregamento de cigarros na BR 101, da fronteira de Alagoas e Pernambuco. A quadrilha conseguiu cerca de R$ 60 mil com o produto desse crime.



EM GARANHUNS AGRESSÕES DE VEREADOR VIRAM CASO DE POLÍCIA; “sou preto, mas não sou satanás", DIZ O PARLAMENTAR


O vereador em Garanhuns pelo PRB, Givanildo da Silva de Lima, o Popular Gil PM, entrou como dizemos popularmente: “numa sinuca de bicos”. É que depois das inúmeras agressões e ofensas que o parlamentar dirigiu as mulheres de Garanhuns, mais especificamente a uma psicóloga e a jornalista Selma Melo, o mesmo foi denunciado junto a 134ª Delegacia de Polícia Civil de Pernambuco. Em Garanhuns, a delegacia funciona nas proximidades do parque Euclides Dourado e tem como delegada titular a Drª. Maria das Graças.

ENTENDA O CASO - As agressões e ofensas do vereador foram lançadas inicialmente a uma psicóloga, numa reunião promovida pela Secretaria da Juventude de Garanhuns. Realizada na Câmara de vereadores local, a reunião percorreu as diversas e diferentes opiniões quanto a PEC 171/1993, que em tramitação na Câmara dos Deputados Federais, preconiza a redução da maioridade penal para 16 anos. Lá o debate foi intenso e num momento de maior embate Gil chegou a chamar a psicóloga de “sem vergonha”. (relembre a discussão no áudio abaixo).



Após a reunião, o blog Jornal Sináculo exibiu conteúdo jornalístico expondo o ocorrido na Casa Raimundo de Moraes. Então, num segundo momento a jornalsta Selma Melo (editora do blog), foi a escolhida por Gil, que demonstrando total desequilíbrio também o fez (agressões morais e ofensas), através de uma rede social facebook. O caso bastante comentado na cidade, agora repercute internacionalmente, no Canadá, Portugal e Espanha.

“SOU PRETO, MAS NÃO SOU SATANÁS” - Na tentativa de promover sua defesa frente a aclamação popular, o parlamentar, após expormos aqui no blog o áudio comprometedor onde ele chama uma psicóloga de “sem vergonha”, desenvolveu texto, novamente postado em seu perfil do facebook, onde acreditem vocês ele chega a dizer: “sou preto, mas não sou satanás”.

A frase foi vista por alguns especialistas jurídicos da cidade, como racista, uma vez atrela a figura do homem “preto” negro a ”satanás”, que mencionado na Bíblia Sagrada, é personagem maléfico. Assim, segundo os juristas estaria Gil afirmando que os “pretos” (negros), são pessoas maléficas. Com essa fala estaria Gil cometendo crime de injúria racial, com previsão legal do CPB (Código Penal Brasileiro), ficando o autor da injúria passível de prisão por até 3 anos. Veja o que diz a Lei:

                     Art. 140, § 3 do Código Penal - Decreto Lei 2848/40

§ 3o Se a injúria consiste na utilização de elementos referentes a raça, cor, etnia, religião, origem ou a condição de pessoa idosa ou portadora de deficiência: (Redação dada pela Lei nº 10.741, de 2003)

Pena - reclusão de um a três anos e multa. (Incluído pela Lei nº 9.459, de 1997) Disposições comuns.

Para o caso do vereador a injúria (ofensa a dignidade), teria tomado uma proporção maior, sendo a população negra, inclusive a qual ele pertence, a maior ofendida.


----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

DENÚNCIA 2ª DELEGACIA DE POLÍCIA CIVIL

Uma queixa-crime foi prestada pela jornalista Selma Melo, em razão da agressão moral e psicológica sofrida por ela. A denúncia que foi oferecida a Drª. Maria das Graças está registrada e intimado Gil deverá levar sua versão dos fatos. Após ouvidas as partes e formado o entendimento a delegada poderá a seu julgamento, promover um TCO (Termo Circunstanciado de Ocorrência) ou instaurar um inquérito policial (abrindo um processo de investigação para o caso). Para o caso de um TCO o juizado Especial Criminal será a corte julgadora. Em se transformando a queixa em inquérito policial, o caso seguirá para o Ministério Público de Pernambuco que oferecerá denúncia a primeira ou segunda Vara Criminal do TJPE em Garanhuns (Fórum Ministro Eraldo Gueiros Leite).

                  DENÚNCIA NA CORREGEDORIA DE POLÍCIA MILITAR

O vereador Gil, também é Policial Militar do estado de Pernambuco. Levado a Reserva Remunerada da Polícia Militar (RRPM - em razão de sua diplomação de vereador), o parlamentar não deixou de ter atribuição de agente da lei. Em função disto também foi protocolada uma denúncia na Corregedoria de Polícia de Pernambuco, que atenta julgará o caso, promovendo se oportuno, sanções punitivas ao policial.

                         AÇÃO JUDICIAL – DIFAMAÇÃO, DANO MORAL
                                    


     A jornalista Selma Melo ingressou ação junto ao Juizado Especial Criminal de Garanhuns. O teor da ação visa reparação e retratação moral, através entre outros, de pronunciamento público por parte do vereador, que com palavras, tem agredido covardemente as mulheres de Garanhuns.

           Relembre o caso AQUI.

           FALA GIDI SANTOS:
           
           Erga Omnes... A lei vale para todos.

ELBA RAMALHO FAZ FOLIA ESQUENTAR EM ARCOVERDE; "Ver a praça lotada dançando e levantando a poeira, só nos faz ter a certeza de que acertamos nas escolhas das atrações”, DIZ PREFEITA MADALENA BRITO


A terceira noite do São João de Arcoverde brilhou com a apresentação da cantora paraibana Elba Ramalho. O show esquentou os foliões com os principais hits da diva do forró. Teve “Banho de Cheiro”, “Festa no interior”, “Asa Branca” , “Olha pro Céu meu amor “ , “São João na Roça”, entre outras canções tradicionais dos autênticos festejos juninos.

“Quem nunca dançou uma quadrilha ao som dessas músicas? Ver a praça lotada dançando e levantando a poeira, só nos faz ter a certeza de que acertamos nas escolhas das atrações”, declarou a prefeita Madalena Britto.

Antes Carlos & Fábio e Ícaro e Vitório Junior, artistas da terra, abriram com o sertanejo. E para  fechar, a banda Harry Estigado trouxe o forró estilizado, que sempre agrada a juventude,  que permaneceu até o fim da festa.

Nessa terça-feira (23), véspera de São João,  sobem ao palco Multicultural , a partir das 20h, a banda Academia da Berlinda, Lira, Alceu Valença e Jorge de Altinho.


A NOITE TEM MAIS FESTA EM ARCOVERDE

A véspera de São João vai ter atrações para todo gosto. Às 20h, sobe ao palco do Multicultural a Academia da Berlinda, depois Lira, Alceu Valença e Jorge de Altinho.

Nos polos da Bodega da Poesia e no Raízes do Coco, a programação começa às 15h com Zezito Santos e Duda Ferraz.

Nos polos Pé de serra e das Artes tem Moreninha do Forro e Reisado das caraíbas; no Multimusical se aprensenta Vertin Moura e na Vila Rio Branco, a partir das 20h, tem muita cultura e arte com a banda de Pífanos Mestre Batista, desfile dos bois e Quadrilha de Mambembes de Perna de Pau.




CLICKS DA BLOGUEIRA E AMIGA AMANDA OLIVEIRA
SÃO JOÃO DE ARCOVERDE






ARCOVERDE GANHA NOVO CENTRO EDUCACIONAL; "não temos outro caminho a seguir que não passe por um valor de aprendizado maior", DIZ GOVERNADOR


A prefeita de Arcoverde, Madalena Britto, e o reitor do Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Sertão Pernambucano (IF Sertão – PE) Ivaldo José da Silva assinaram nesta segunda-feira, dia 22, o Termo de Cooperação Técnico-Científica, Pedagógica e Cultural. A partir de agosto, um novo espaço do IF Sertão – PE, vai funcionar para pesquisar o perfil do município e região.

O passo seguinte será a instalação do Instituto oferecendo cursos variados, entre técnicos, científicos e profissionalizantes. “Isto vai ser excelente para os nossos jovens que vão poder se qualificar. Para nós, a educação está sempre em primeiro lugar. Arcoverde está ganhando um presente maravilhoso e também se tornando um grande polo educacional”, disse Madalena. De acordo com a prefeita, numa primeira etapa o IF vai funcionar como Centro de Referência e depois, como Centro de Pesquisa.

“Se tem uma cidade que merece estar incluída nos programas de expansão do IF, esta cidade é Arcoverde. Desde o início do nosso mandato conversamos com o reitor Ivaldo e o colocamos em contato com a prefeita Madalena. E hoje estamos participando desta solenidade. Um sonho que se realiza”, disse o senador Fernando Bezerra Coelho.

O governador Paulo Câmara reconheceu a alegria de Madalena pela chegada do IF Sertão, “que vai formar muitos jovens. Não temos outro caminho a seguir que não passe por um valor de aprendizado maior”, disse.

A solenidade aconteceu no auditório da Aesa e contou com a presença do deputado Federal, Fernando Filho; dos deputados estaduais Valdemar Borges, Luciana Santos, Ângelo Ferreira, Luciana Santos, Eduíno Brito; o vice-prefeito, Wellington Araújo; o presidente da Câmara de Vereadores de Arcoverde, Sargento Siqueira, vereadores Cleriane Medeiros, Warley Amaral, Célia Cardoso, Djanira Brito e Luíza Margarida; além de todo o secretariado da Prefeitura de Arcoverde.

Depois da solenidade, o governador e sua equipe, além do senador e dos deputados estaduais e federais foram conhecer o São João de Arcoverde e ficaram encantados com a animação comandada pela cantora Elba Ramalho.

.

Fotos: João Tavares

REFORMA POLÍTICA; COMISSÃO SERÁ INSTALADA NESTA TERÇA-FEIRA (23)

O presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), manifestou a intenção de ver a 
comissão trabalhando com celeridade .

A comissão especial que analisará as propostas da reforma política será instalada nesta terça-feira (23), às 17h, em evento na sala de audiências da Presidência do Senado. O colegiado será presidido pelo senador Jorge Viana (PT-AC) e terá como relator o senador Romero Jucá (PMDB-RR).

O trabalho da comissão será organizar os temas da reforma política para votação em Plenário a partir de duas fontes: propostas originárias do próprio Senado e o substitutivo da Câmara dos Deputados à PEC 23/2007.

Tema central das votações da Câmara ao longo das últimas semanas, o substitutivo será remetido ao Senado quando tiver sua apreciação concluída. A PEC original tratava apenas de fidelidade partidária, mas ideias oriundas de outros projetos e de emendas dos deputados foram incorporadas a ela. O texto final cobre uma variedade mais ampla de temas.

O presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), manifestou a intenção de ver a comissão trabalhando com celeridade para que os temas da reforma política possam chegar ao Plenário o mais rápido possível.

- A comissão trabalhará sugerindo procedimentos, pautas e prioridades para sistematizar e propor um calendário para apreciação de todas as matérias. Se for necessário, nós vamos trabalhar sábado e domingo – garantiu.

A intenção inicial de Renan era fazer a reforma chegar ao Plenário já no início de julho, mas isso não será possível. O projeto da Câmara ainda precisa ser votado em segundo turno pelos deputados antes de ser enviado para o Senado, e isso só deve ocorrer na segunda semana do próximo mês, segundo definiu o presidente da outra Casa, deputado Eduardo Cunha.

Até lá, a comissão poderá trabalhar com projetos nascidos no próprio Senado. A assessoria do relator Romero Jucá informou que o senador tem quatro proposições que podem representar o pontapé inicial das atividades do colegiado: a  PEC 30/2015 estabelece mandatos de cinco anos para os chefes do Executivo e veta sua reeleição; a PEC 71/2012 determina a coincidência de datas das eleições municipais, estaduais e federais; PLS 127/2015 trata do financiamento de campanhas eleitorais; e o PLS 128/2015 reduz o período das campanhas. Esse último tema não foi tratado pela Câmara em suas deliberações.


MENOS DINHEIRO NO BOLSO DO TRABALHADOR: CÂMARA APROVA TABELA QUE REAJUSTA IMPOSTO DE RENDA


O Plenário da Câmara dos Deputados aprovou, nesta quarta-feira (17), a Medida Provisória 670/15, que concede um reajuste escalonado por faixas das tabelas do Imposto de Renda das Pessoas Físicas (IRPF), variando de 6,5% a 4,5%. A matéria, aprovada na forma do projeto de lei de conversão do senador Eunício Oliveira (PMDB-CE), será enviada ao Senado.

Os reajustes valem a partir de abril de 2015 e surgiram de negociações do governo com o Congresso para manter o veto ao reajuste linear de 6,5% para toda a tabela.

VALORES DAS FAIXAS:

Os quatro valores que compõem as cinco faixas da tabela tiveram reajustes de 6,5%, 5,5%, 5% e 4,5%. O maior reajuste atinge a faixa isenta do tributo, que passou de R$ 1.868,22 para R$ 1.903,98. A última faixa foi reajustada em 4,5% e ficou em R$ 4.664,68.

Todos os contribuintes são beneficiados porque o Imposto de Renda incide sobre faixas salariais. Ou seja, uma pessoa que ganha R$ 5 mil é isenta na primeira faixa e depois sofre a incidência das quatro alíquotas da tabela de acordo com cada faixa.


         Tabela, para fazer o cálculo de maneira mais fácil, basta o contribuinte aplicar a alíquota correspondente ao seu salário e diminuir a "parcela a deduzir".

          DEDUÇÕES:

A MP também altera as deduções mensais e as da declaração anual de ajuste do IR. A dedução mensal para os contribuintes com 65 anos ou mais que recebem rendimentos provenientes de aposentadoria e pensão, transferência para a reserva remunerada ou reforma, pagos pela Previdência Social da União, dos estados, do Distrito Federal e dos municípios passou de R$ 1.787,77 entre janeiro e março deste ano para R$ 1.903,98 a partir de abril.

Para a dedução mensal com dependentes, o valor foi de R$ 179,71 no primeiro trimestre e ficou em R$ 189,59 a partir de abril. No caso das despesas com educação, a dedução da declaração anual passou de R$ 3.375,83 na declaração deste ano para R$ 3.561,50 na declaração de 2016. Já a dedução com dependentes vai de R$ 2.156,52 para R$ 2.275,08.

O desconto máximo para quem preenche a declaração simplificada vai passar de R$ 15.880,89 na declaração deste ano para R$ 16.754,34 em 2016. Segundo o ministro da Fazenda, Joaquim Levy, o impacto do novo reajuste da tabela do Imposto de Renda nas contas do governo será de R$ 6 bilhões, R$ 1 bilhão a mais que a proposta original, de 4,5% lineares. Apenas a dedução dos rendimentos de idosos foi aumentada em 6,5%, as demais tiveram aumento de 5,5%.

LIVROS DE PROFESSORES:

        Emenda do deputado Rubens Bueno (PPS-PR), aprovada pelo Plenário por 222 votos a 199, permite aos professores deduzir da base de cálculo da declaração de ajuste do IRPF as despesas com a compra de livros para si e seus dependentes.