quinta-feira, 28 de maio de 2015

PREFEITURA ADMITE QUE VEREADOR SIVALDO ALBINO ESTAVA CERTO E REALIZA LICITAÇÃO PARA PUBLICIDADE EM PROPAGANDAS NAS PARADAS DE ÔNIBUS


Após questionamento feito pelo Vereador Sivaldo Albino a Prefeitura de Garanhuns querendo saber quem estaria comercializando e recebendo as Propagandas colocadas nas Paradas de ônibus, a mesmas foram retiradas o que me causou estranheza. O Vereador Sivaldo Albino alertou que teria que haver uma Licitação para as devidas comercializações.

A semana passada a Prefeitura Municipal de Garanhunsdivulgou no Diário Oficial dos Municípios a abertura de processo licitatório 012/2015, na modalidade Concorrência, destinado à concessão de espaço público para fins de veiculação de publicidade, através de paradas de ônibus. Esse fato a Prefeitura admite que alguém comercializou essas publicidades de forma irregular, por isso é preciso saber quem recebeu esses recursos e quem autorizou a comercialização destas propagandas dessa maneira, sem licitação. Também é direito das empresas que pagaram por este serviço receberem de volta os recursos que pagaram por estas propagandas.

Na última quarta feira apresentei requerimento na Câmara Municipal de Garanhuns protocolado sob nº 179/1º solicitando a Prefeitura para usar esses espaços das Paradas de ônibus sejam utilizados para divulgação dos nossos Pontos Turísticos e um pouco da nossa história e beleza do nosso Município.
  
“Essa não é a primeira vez que nosso papel de oposição faz o Governo recuar de algumas atitudes irregulares. Assim foi com a Licitação para as Xerox onde o promotor mandou cancelar a Licitação, no caso do IPSG que a Prefeitura mandou uma nova Lei aumentando a contribuição suplementar para conter o desequilíbrio causado pela transferência dos aposentados do tesouro para o IPSG, sinal que nossas ações como oposição tem sido de forma responsável e verdadeiras, e não factóides como diz o Prefeito de Garanhuns. Vou continuar realizando o meu papel de Vereador que é fiscalizar e Legislar promovendo o zelo do dinheiro público do povo de Garanhuns”, diz Sivaldo Albino.

Durante a semana o vereador enviou para diversos veículos de comunicação da cidade um banner onde mostra as perdas do município em razão, segundo Sivaldo, de uma gestão pública ineficiente. Na parte debaixo da imagem o vereador faz o seguinte questionamento: "será que essa é a cidade que agente quer?".


ESCRITOR AMÂNCIO SIQUEIRA LANÇA EM GARANHUNS O LIVRO "QUEBRA CABEÇAS"


O Laboratório de Autoria Literária Luzinette Laporte promove hoje (28), o lançamento do livro "Quebra Cabeças", do escritor Amâncio Siqueira. 

Na ocasião, o autor conversará com o público sobre o romance e fará uma sessão de autógrafos. O lançamento tem início às 20h, no Salão de Eventos do Sesc Garanhuns, com entrada gratuita. 

SOBRE O AUTOR – Natural de Afogados da Ingazeira e radicado em Garanhuns, Amâncio Siqueira estreou na carreira literária com o romance histórico "O Evangelho de São Pecador", em 2010. Em 2010, foi finalista do Prêmio Sesc de Literatura, na categoria Contos, com o inédito "O Conta-a-dor de Histórias".

PRESIDENTE DO SENADO FAZ DURAS CRÍTICAS AO AJUSTE FISCAL DURANTE XVIII MARCHA DOS PREFEITOS A BRASÍLIA


O Presidente do Senado Federal, Renan Calheiros, fez duras críticas ao ajuste fiscal, chegando a chama-lo de “embuste” fiscal. Segundo ele, as medidas penalizam os trabalhadores e os municípios, sobretudo os pequenos e médios, enquanto o Governo mantem 39 ministérios ociosos e mais de 100 mil cargos comissionados.

“Os municípios estão sendo esvaziados, há um centralismo quase sádico do poder central em abocanhar recursos que precisam ser melhor compartilhados”, afirmou Renan Calheiros. O Senador informou que será instalada, na tarde de hoje, a comissão especial do Senado para discutir a reforma do Pacto Federativo.

Em uma plenária bastante prestigiada pelo Congresso Nacional, estiveram presentes os também Senadores Cristovam Buarque, Magno Malta, Fernando Bezerra Coelho, Humberto Costa, Douglas Cintra, Ronaldo Caiado, Romero Jucá, e dos Deputados Mendonça Filho, Celso Russomano, além dos Deputados Danilo Fortes e André Moura, respectivamente Presidente e Relator da Comissão Especial da Câmara que trata da revisão do Pacto Federativo.

EM BRASÍLIA REPRESENTANTES DO DNIT DIZEM A IZAÍAS QUE DUPLIZAÇÃO DA BR 423 NÃO SAIRÁ DO PAPEL ESSE ANO; CRISE ECONÔMICA É O PRINCIPAL MOTIVO


O prefeito Izaías Régis (PTB) segue cumprindo agenda, em Brasília (DF). Nesta quarta-feira (27) o gestor se reuniu com o Diretor Executivo, Gustavo Adolfo Andrade e com o Coordenador Geral de Planejamento e Programação de Investimentos, André de Oliveira, do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) para saber sobre o andamento da duplicação da BR-423, trecho São Caetano a Garanhuns.

Durante a reunião o prefeito enfatizou mais uma vez a importância da duplicação.  “A duplicação é imprescindível para que Garanhuns e as demais cidades da região continuem crescendo economicamente. Tenho certeza que a estrada nos dará um poder de atração de investimentos empresariais ainda maior", enfatizou Régis.

Mas de acordo com o DNIT, a obra não deverá sair do papel este ano devido ao momento de crise econômica pelo qual passa o País. Segundo o departamento não há condições de iniciar as obras em 2015, por causa do corte do orçamento publicado, na última sexta-feira (22), pela Presidente da República Dilma Roussef . Ainda segundo o DNIT, a expectativa para este ano é desenvolver o projeto técnico da BR-423 até outubro para só então ser aberto processo licitatório para a execução da obra.

Izaías também ressaltou que muitos acidentes têm acontecido na estrada devido ao intenso tráfego. “Mais de 15 mil veículos trafegam pela BR-423, e esse grande número de veículos na via tem ocasionado muitos acidentes. A duplicação é uma necessidade para a nossa população”, disse o prefeito.  

“Ficamos muito tristes em saber que a obra da BR-423, que é uma necessidade urgente da nossa região, não deverá sair do papel em 2015, pois nós tínhamos muitas esperanças. Durante toda a nossa gestão estamos lutando para que essa obra, tão esperada por todos, seja concretizada”, comentou Izaías.

A obra da duplicação foi uma promessa da Presidente Dilma Roussef, em 2012. A estrada completa de São Caetano a Garanhuns tem 80 km e deve custar cerca de R$ 500 milhões, recurso que já está previsto na segunda edição do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2).

A promessa era que a obra fosse realizada em duas etapas. O primeiro lote da execução da duplicação referente ao trecho de quase 45 quilômetros, entre São Caetano e Lajedo e o segundo lote seria de Lajedo a Garanhuns.

AUDIÊNCIA DISCUTE SEGURANÇA PÚBLICA; FUTURO DO AGRESTE É PREOCUPANTE DIZ PROMOTOR


Com o objetivo de discutir ações de segurança pública para a região Agreste Meridional do Estado, foi realizada, na tarde da terça-feira (26), em Garanhuns, uma audiência temática. A audiência foi promovida pela Secretaria de Defesa Social de Pernambuco (SDS/PE), no auditório da Comissão de Desenvolvimento do Agreste Meridional (Codeam), bairro Magano. Registraram presença na Codeam, a secretária da Mulher, Eliane Simões, Prefeitos de Angelim Marco Calado, Brejão Ronaldo Ferreira, Iati Padre Aldo, além de representantes dos poderes Executivo e Legislativo de outros municípios e do Estado, bem como autoridades do Sistema Público de Justiça e de Segurança.

Num primeiro momento, o secretário-adjunto de Defesa Social, Rodrigo Bastos, se reuniu, exclusivamente, com os órgãos operativos de segurança. A ideia era de entender as maiores necessidades de cada área. Depois, o uso da palavra entre os presentes, em outro espaço, foi mediada. O encontro serviu para que os servidores pudessem contextualizar as principais necessidades de infraestrutura de trabalho em seus respectivos órgãos.

A secretária da Mulher, Eliane Simões (foto), denunciou a falta de preparo técnico de alguns policiais no trato com as ocorrências que envolvem mulheres. A titular da pasta também abordou a deficiência nas investigações dos crimes do gênero, principalmente os feminicídios. “A política pública voltada à mulher precisa de atenção especial. Os canais de denúncia devem passar por constante atualização e o acompanhamento às famílias das vítimas também deve ser prioridade, assim poderemos agir, em conjunto, na prevenção diária”, finalizou.


FUTURO DO AGRESTE PREOCUPANTE – O Promotor de Justiça, Dr. Alexandre Bezerra afirmou que o futuro do Agreste é preocupante diante de tanta insegurança e da falta de atenção e de condições de trabalho para quem atua no combate à violência. 

Segundo ele, os policiais são mal qualificados e mal remunerados, não são reconhecidos e estão desmotivados. "As viaturas estão sucateadas. Um único delegado responde por três delegacias". Vale destacar que o próprio secretário de Defesa Social, Alessandro Carvalho, informou, na semana passada, que 70 dos 185 municípios pernambucanos estão sem delegado.

       DESORGANIZAÇÃO DO EVENTO – O promotor condenou a desorganização do evento para o qual o Ministério Público de Garanhuns - assim como prefeitos e deputados - não foi convidado ou informado. "Não se pode conversar sobre segurança sem a presença da sociedade, da Assembleia Legislativa e de prefeitos. Não se sabe se essa falta de convite foi um desrespeito, uma desatenção ou apenas um erro", frisou, acrescentando que ficou sabendo da audiência por meio de blogs. "Temos que voltar à estaca zero, uma vez que a reunião proposta pela Secretaria de Defesa Social, mesmo sendo uma boa iniciativa, não teve representação suficiente para discutir segurança", disse, deixando o clima tenso diante do secretário-executivo de Defesa Social, Rodrigo Bastos, que foi até Garanhuns representando o governo.

           Fonte: Secom / Ronaldo César
           Fotos: Secom - PMG e Carlos Eugênio

10 DIAS SE PASSARAM E GARANHUENESE PATRÍCIA PEREIRA CONTINUA DESAPARECIDA


Já se passaram dez dias desde o último contato de Patrícia Pereira da Silva, de 31 anos de idade, com a sua família. Patrícia, que tem um filho de 10 anos de idade, mora na rua Radialista Ivo de Souza, no bairro Cohab II, e na última segunda-feira (18), saiu de sua residência, às 17h, para ir à casa da sogra da sua mãe, que era considerada por Patrícia, uma avó. Patrícia não chegou ao destino, e desde esse dia, sua família não teve mais contato com a mesma.

A Secretaria da Mulher de Garanhuns está acompanhando as investigações, junto à Polícia Civil e ao Ministério Público, e está prestando apoio à família, nesse momento. Se alguém tiver alguma informação a respeito de onde ela possa estar, deve entrar em contato com um dos seus familiares por meio dos telefones: (87) 9626-6370/9940-1641/9922-3241/9827-5078/ 8109-2622.