sexta-feira, 17 de abril de 2015

ORGANIZADORA DO CONCURSO DE GARANHUNS IAUPE ACUSADA DE FRAUDE


O Instituto de Apoio à Fundação Universidade de Pernambuco (IAUPE) organizadora do recém realizado concurso público municipal de Garanhuns, teve sua idoneidade colocada em questão esta semana. É que Rodrigo Almendra, professor de matemática, disponibilizou vídeo em uma rede social onde expõe a divulgação em data irregualar de gabaritos preliminares. Rodrigo se refere no vídeo ao concurso realizado para o provimento de vagas na prefeitura da capital Recife no qual ele concorreu. Estavam em disputa no certame um total de 569 oportunidades que destinava 259 vagas para o cargo de Auxiliar de Desenvolvimento Infantil, ADI, 300 vagas para o cargo de Agente Administrativo Escolar – AAE e 10 vagas para o cargo de Professor II, docência nos anos finais do Ensino Fundamental, disciplina de Matemática.

No detalhe podemos observar que está previsto no edital a  liberação do gabarito preliminar para o dia de realização das provas, 14 de dezembro, por volta das 5 da tarde como de costume das organizadoras. Entretanto ele  já aparece postado, no dia 11, ou seja, 3 dias antes. O fato chamou a atenção do Professor.

Rodrigo ainda detalha que o resultado oficial do certame tem data para divulgação, dia 23 de Janeiro, porém já no dia 09 do mesmo mês, a exemplo do preliminar, já pode ser visualizado. "Isso é um absurdo, esses concursos realizados pela UPE tem que ser invalidados", pontua Rodrigo.

O Blog do Gidi Santos, atento, relizou o mesmo procedimento que o Professor Rodrigo Almendra (foto) exibiu em vídeo. Nos atemos ao concurso de Garanhuns, realizado no dia 29 de março de 2015 com um total de 253 vagas oferecidas distribuídas pelos níveis fundamental, médio e superior. O resultado que obtivemos foi semelhante ao de Rodrigo Almendra. De fato o gabarito preliminar foi postado no site antes do previsto, dando a oportunidade aos que interesse tinham de se oportunizarem da informação. Prevista divulgação para o dia 29 de março, o gabarito preliminar foi publicado já nos dias 25, 26 e 27, ou seja, 4 dias antes da realização das provas.


       
          Em vídeo logo abaixo dessa matéria orientamos, em um passo a passo, a maneira de obter acesso as informações aqui mencionadas.

"Quem não fica estarrecido com um vídeo desses às vésperas da prova? Pior que não é único, há outros circulando na internet. Seja como for, acredito que a instituição (IAUPE/UPENET) deveria se pronunciar formalmente, esclarecendo os fatos e evitando uma enxurrada de ações judiciais visando a anulação dos últimos certames por ela realizados", finaliza Rodrigo.



Tentamos manter contato com o CONUPE, Comissão de Concurso da Universidade de Pernambuco, responsável pela organização e realização das provas do IAUPE para esclarecimeno da denúncia oferecida pelo Professor Rodrigo Almendra e pelo blog, entretanto não obtivemos resposta.


Abaixao segue o vídeo do professor Rodrigo Almendra sobre suposta 
fraude no concurso da prefeitura do Recife.

PASSO A PASSO PARA OBTER ACESSO AOS GABARITOS PRELIMINARES DO CONCURSO DA PREFEITURA DE GARANHUNS

CONCURSO DA PREFEITURA DE GARANHUNS: SAI RESULTADO DOS APROVADOS PARA OS CARGOS DE PROFESSOR E PROCURADOR


O Instituto de Apoio à Universidade de Pernambuco – Iaupe, disponibilizou quinta-feira (16) no site da UPE ( http://www.upenet.com.br/ ) a lista de todos os aprovados no concurso público da Prefeitura de Garanhuns, na prova objetiva, nos cargos de professor e procurador.

O intuito da divulgação do nome dos aprovados é que os mesmos enviem suas  documentações, para que seja feita a análise de títulos, até a próxima segunda-feira (20), endereçadas à Comissão de Concurso do IAUPE, localizada na Rua Dr. Carlos Chagas, Nº 136, Térreo, Sala 04, Bairro de Santo Amaro, Recife – PE, CEP 50.100.080,via Empresa Brasileira de Correios e Telé grafos (ECT), por SEDEX – Encomenda Expressa ou por Encomenda com Aviso de Recebimento.

Para professor os títulos que serão avaliados são: Ser doutor na área da Educação (comprovado através de certificado ou declaração fornecida por instituição credenciada por autoridade competente); Mestre na área da Educação (comprovado através de certificado ou declaração fornecida por instituição credenciada por autoridade competente); Especialista na área da Educação (comprovado através de certificado ou declaração fornecida por instituição credenciada por autoridade competente, com expressa menção à defesa de monografia e carga horária mínima de 360 h/a.)

Já para o cargo de procurador os títulos a serem avaliados são: Ser doutor na área do Direito (comprovado através de certificado ou declaração fornecida por instituição credenciada por autoridade competente); Mestre na área do Direito (comprovado através de certificado ou declaração fornecida por instituição credenciada por autoridade competente); Especialista na área do Direito (comprovado através de certificado ou declaração fornecida por instituição credenciada por autoridade competente, com expressa menção à defesa de monografia).

Os recursos que façam referência à avaliação da prova de títulos serão admitidos a partir do dia 2 de maio e se estenderá até o dia 4 de maio. Já o resultado final do concurso está previsto para o dia 8 de maio.

Foto: Luany Porto

MUNICIPALIZAÇÃO DA ILUMINAÇÃO PÚBLICA SERÁ FORMALIZADA DIA 22


Prefeitos de dezenas de municípios pernambucanos estarão reunidos na sede da Associação Municipalista de Pernambuco (Amupe) às 9h do próximo dia 22 para celebrar com a Companhia Energética de Pernambuco (Celpe) a transferência de ativos de iluminação pública para as respectivas prefeituras. Um Termo de Acordo foi firmado no último dia 7 entre a Celpe e a Amupe no auditório da Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe), para estabelecer as regras dessa transferência. O procurador-geral de Justiça, Carlos Guerra de Holanda, o coordenador do Centro de Apoio Operacional às Promotorias de Justiça de Meio Ambiente (Caop Meio Ambiente), promotor de Justiça André Felipe Menezes, e os deputados estaduais Raquel Lyra, Socorro Pimentel e Rogério Leão, participarão do encontro, ao lado de dirigentes da Celpe e do presidente da Amupe, José Patriota.

O Termo de Acordo, mediado pelo Ministério Público de Pernambuco (MPPE) e pelas Comissões de Justiça e de Negócios Municipais da Alepe, pôs fim a uma controvérsia que se arrastava desde 2010. O trabalho de mediação desenvolvido pelo MPPE contou com apoio do Tribunal de Contas do Estado (TCE), Agência de regulação de Pernambuco (Arpe) e Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (Crea).

O acordo atende à Resolução Normativa da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) n° 414/2010, que estabelece a transferência do sistema de iluminação pública registrado como Ativo Imobilizado em Serviço (AIS) para os municípios. “Por orientação da Aneel, nós precisávamos efetivar essa transferência para os municípios e assim o fizemos, no intuito de evitar que a prestação de serviços à população fosse descontinuada, ou seja, a grande vencedora nesse processo foi a população”, destacou o superintendente comercial da Celpe, Paulo Medeiros.


De acordo com André Felipe, o Termo prevê que os municípios assinem um contrato individual com a Celpe e fixa em 60 dias o período de transição para que a distribuidora de energia conclua eventuais reparos em pontos que apresentem falhas. Expirado esse prazo, ocorrerá a transferência de operação e manutenção dos ativos que não forem contestados pelas prefeituras, bem como a assinatura de um contrato definitivo.

O promotor de Justiça também ressaltou que com a transferência, os municípios passam a ter maior controle sobre as operações de iluminação pública e podem planejar melhor a ampliação e o alcance desses serviços em suas áreas. “O acordo preservará a funcionalidade da iluminação pública enquanto componente urbanístico e atenderá a todos os envolvidos, encerrando a controvérsia quanto à transferência dos ativos de iluminação pública, pois havia um grande impasse com relação ao estado de conservação das lâmpadas, defletores e reatores", explicou o promotor de Justiça.

O coordenador do Caop Meio Ambiente destacou ainda que “a transferência será efetivada em um primeiro momento de forma parcial, com relação aos pontos de iluminação não contestados pelos municípios, e ao final do período de transição será operada a transferência definitiva, sem prejuízo às partes. O maior beneficiado com isso é o cidadão, que vai saber efetivamente de quem é a responsabilidade e a quem recorrer em caso de falha na prestação desse serviço público, com rebatimento na proteção do meio ambiente urbano”.

Imagens: Reprodução Internet

DEPUTADO SOLDADO JOEL DA HARPA DISCUTE SEGURANÇA PÚBLICA NO PLENÁRIO DA ALEPE


O crescimento no número de homicídios ocorridos no Estado e a necessidade de revisão do programa Pacto pela Vida foram tratados na última quinta (16 de abril), na Assembleia. De acordo com dados da Secretaria de Defesa Social, de janeiro a novembro de 2014, houve aumento de 8,73% nos crimes dessa natureza.

A Oposição considera que esses números indicam a necessidade de que o Governo do Estado faça a reformulação do Pacto pela Vida. Os oposicionistas reconheceram a importância do programa, mas destacaram que o Governo atual não demonstra a mesma capacidade de liderança da gestão Eduardo Campos. 

O secretário de Defesa Social do Estado, Alessandro Carvalho, discordou da oposição, garantindo que o Pacto é revisto constantemente, como resultado do próprio modelo de gestão adotado. Segundo Carvalho, há limitações impostas pela Lei de Responsabilidade Fiscal e pelas outras prioridades orçamentárias do Estado que impedem a contratação de efetivo policial no número necessário. Ainda assim, o gestor aponta o acréscimo de três mil servidores nas Polícias Civil, Militar, Científica e Bombeiros.

Ana Paula Portella, do Núcleo de Estudos e Pesquisas sobre a Violência, Criminalidade ePolíticas de Segurança da UFPE, afirmou que o programa não precisa ser revisto, mas totalmente implantado. A pesquisadora, que participou da criação do Pacto, disse que ele possui originalmente seis linhas mestras, mas que somente duas delas foram efetivadas. Ela afirmou que falta incluir na iniciativa a participação da sociedade.//

Também se pronunciaram os deputados Edilson Silva, do PSOL; Waldemar Borges, do PSB; Rodrigo Novaes, do PSD, Romário Dias, do PTB, integrantes de entidades representativas dos trabalhadores da área de segurança pública do Estado, além de Joel da Harpa, do PROS.

Abaixo segue o vídeo do discurso do Deputado
Soldado Joel da Harpa

PREFEITOS SE REÚNEM NA AMUPE QUARTA-FEIRA, 22 DE ABRIL


José Patriota, presidente da Amupe, tem encontro dia 22/04 (quarta-feira) com os prefeitos pernambucanos na sede da Amupe (Av.Recife,6205)  a partir  das 9h. O objetivo é discutir uma extensa pauta  onde serão tratados temas como: O FEM / versão 2015; Escritório de Projetos que dará oportunidade aos municípios para elaborar bons projetos, itens  anunciados recentemente  pelo Governador Paulo Câmara no 2º Congresso Pernambucano de Municípios, bem como a Marcha dos Prefeitos  à Brasília de 25 a 28 de maio próximo.

Este ano o Pacto Federativo tem como tema: “A Esperança dos Municípios”. A Reforma Política que  está sendo discutida no Congresso será debatida, e por fim, a Iluminação Pública que depois de muitos embates, finalmente  Celpe e  Amupe chegaram a um acordo sobre a transferência dos ativos de iluminação pública para os municípios. O acordo foi firmado no dia 08/04 através de um termo construído pela Amupe e Celpe, com a colaboração do Ministério Público, CREA e Alepe e deverá ser assinado pelas prefeituras neste dia.

AUDIÊNCIAS PÚBLICAS VÃO DISCUTIR COMPOSIÇÕES DOS NOVOS CONSELHOS ESTADUAIS DE CULTURA


Para dar continuidade à reformulação do Conselho Estadual de Cultura, o Governo de Pernambuco, através da Secult-PE e da Fundarpe, convida artistas, produtores, gestores e demais agentes culturais a participarem de audiências públicas que vão ocorrer em três municípios do estado: Recife, Caruaru e Salgueiro.

A agenda de escuta à população vai discutir aspectos como a composição do Conselho Estadual de Política Cultural e do Conselho Estadual de Preservação do Patrimônio Cultural, instâncias de participação já instituídas pelas leis estaduais 15.429/2014 e 15.430/2014, respectivamente.

Para Marcelino Granja, secretário estadual de cultura, “é momento de darmos mais um passo na democratização de nossas políticas públicas e fortalecer a própria gestão cultural”. Por lei, os dois conselhos são paritários, ou seja, o número de membros do poder público é o mesmo dos representantes da sociedade civil. “Vamos garantir o debate democrático com todos os setores da arte e da cultura do estado, para que seja reunida a mais significativa representação da nossa diversidade cultural e para que possamos implementar, o quanto antes, uma rotina efetiva de cogestão das políticas estaduais de cultura”, complementa o secretário.


Entre outras atribuições, caberá ao Conselho Estadual de Política Cultural propor princípios, normas, diretrizes e linhas de ação da política pública, além de aprovar os planos estadual, regionais e setoriais de cultura. Já o Conselho de Preservação do Patrimônio Cultural terá uma missão mais especializada, focando em deliberações sobre tombamentos e aprovação dos planos de proteção, restauração e intervenção de bens culturais, tanto materiais como imateriais.
O acesso às audiências é livre, não será necessário
realizar inscrição prévia.

Acesse AQUI o ato oficial de convocação das audiências públicas.
Acesse AQUI as legislações que instituíram os dois novos conselhos estaduais.

PROGRAMAÇÃO – AUDIÊNCIAS PÚBLICAS

>> Recife
Quarta-feira, 22/4
Hora: 16h às 21h | Local: Auditório da Faculdade de Ciências da Administração de Pernambuco – FCAP (Av. Sport Club do Recife, 252 – Madalena)

>> Caruaru
Terça-feira, 28/4
Hora: 16h às 21h | Local: Auditório do Instituto de Tecnologia de Pernambuco – ITEP (Rua Dalto Santos, 319 – Bairro de São Francisco)

>> Salgueiro
Terça-feira, 5/5
Hora: 16h às 21h | Local: Auditório do Salgueiro Plaza Hotel
(Av. Cel. Veremundo Soares, 551)

ESTADO LANÇA PRÊMIO PELÓPIDAS SILVEIRA PARA ESTIMULAR O DEBATE SOBRE PLANEJAMENTO URBANO


Com o objetivo de estimular a reflexão e o debate crítico sobre experiências exitosas na administração pública, o Governo de Pernambuco criou o Prêmio Pelópidas Silveira em Planejamento e Gestão Urbana e Regional. O governador Paulo Câmara assinou, nesta quinta-feira (16), no Palácio do Campo das Princesas, o edital de lançamento da premiação, que homenageia os 100 anos de nascimento do engenheiro, ex-prefeito do Recife e ex-vice-governador. Mais cedo, Paulo e o prefeito Geraldo Julio inauguraram um busto do político nas descida da Ponte Duarte Coelho, de frente para a Avenida Conde da Boa Vista, na capital pernambucana.

Na presença da família do homenageado, secretários estaduais e municipais, o governador ressaltou que o prêmio vai “manter vivo o legado” do gestor. “Ele também dará às pessoas a oportunidade de continuarem pensando o planejamento urbano das cidades e regiões. Pelópidas Silveira pensou muito o Recife, o Estado e o futuro. E nós queremos perpetuar essa tradição de pensar, planejar, ouvir e governar com transparência. Homenageando Pelópidas, ajudamos as novas gerações na construção desse futuro", argumentou Câmara.

PREMIAÇÃO - A organização do prêmio ficará a cargo da Secretaria estadual de Planejamento e Gestão (Seplag), por meio da Agência Condepe/Fidem. Para concorrer, os trabalhos apresentados devem contemplar os seguintes temas: o Estatuto das Metrópoles; Oportunidades e Desafios; o Sistema de Informações Geográficas como Instrumento do Planejamento Urbano e Regional; o Fortalecimento Institucional, Planejamento e Gestão Urbana e Regional; a Utilização dos Espaços Residuais em Áreas Urbanas; e a Urbanização de Áreas de Assentamentos de Interesse Social.

Foto: Roberto Pereira/SEI

GOVERNO PROMOVE 1ª MOSTRA DE ARTES SOCIOEDUCATIVAS; AMOSTRA ACONTECEU NO SHOPPING DIFUSORA


Trabalhos artísticos e culturais em oficinas de arte que acontecem nas unidades de internação provisória, semiliberdade e internação, da Fundação de Atendimento Socioeducativo (Funase) em Caruaru foram apresentados na 1ª Mostra de Artes socioeducativas, no shopping Difusora – 3° piso, nesta sexta-feira (17) no município.

A ação teve como objetivo promover e divulgar os trabalhos desenvolvidos nas unidades socioeducativas pelos adolescentes, como uma das formas de ressocialização. Durante a amostra, os visitantes poderam conferir os artesanatos em materiais recicláveis, em folha de bananeira, costura industrial, roupas customizadas, pufes, porta retratos e porta-joias.

INSCRIÇÕES ABERTAS PARA O PRÊMIO CEPE NACIONAL DE LITERATURA


Como parte da programação comemorativa dos 100 da Imprensa Oficial do Estado de Pernambuco, a Companhia Editora de Pernambuco, vinculada à Secretaria da Casa Civil, lançou o  Prêmio Cepe Nacional de Literatura. As inscrições poderão ser feitas poderão ser feitas até o dia 15 de maio.  O edital está disponível no site da Companhia no endereço www.cepe.com.br.

Os trabalhos, junto com a documentação, devem ser enviados pelos Correios, ou entregues na sede da própria Cepe (Rua Coelho Leite, 530, Santo Amaro) das 8h às 17h, de segunda a quinta-feira, e das 8h às 16h, nas sextas-feiras.

O prêmio total do concurso é da ordem de R$ 80 mil, sendo R$ 20 mil para os vencedores de cada categoria: romance, contos, poesia e literatura infantojuvenil. Podem participar brasileiros residentes no país ou no exterior, bem como estrangeiros naturalizados. Além de serem escritas em português, as obras devem ser totalmente inéditas.