sexta-feira, 10 de abril de 2015

PAULO CÂMARA INAUGURA ESTRADA EM GARANHUNES E ENTREGA NOVA SEDE DE ESCOLA AO MUNICÍPIO DE CAPOEIRAS


O governador Paulo Câmara entregou, nesta sexta-feira (10), o acesso de Garanhuns ao distrito de São Pedro. Com um investimento de R$ 7 milhões, a intervenção contemplou a implantação e pavimentação de um trecho de cinco quilômetros de extensão. Após a inauguração, o governador retornou ao Todos por Pernambuco, que hoje está sendo realizado no município.

“Vamos seguir implantando estradas e melhorando as rodovias do nosso Estado. Com isso, aumentaremos a segurança e vamos diminuir o tempo de descolamento entre os municípios, impulsionando as economias locais”, destacou Paulo Câmara.

Para o governador, o modelo de gestão implantado no Estado por Eduardo Campos foi fundamental porque promoveu a otimização dos recursos para investimento em obras importantes. “É uma modelo que tem feito Pernambuco se destacar na gestão pública. Vamos trabalhar muito para seguir melhorando a infraestrutura do nosso Estado”, completou Paulo.

GOVERNO BENEFICIA 1,2 MIL ALUNOS COM NOVA 
SEDE DE ESCOLA EM CAPOEIRAS

Em sua passagem pelo Agreste Meridional, durante a realização do Todos por Pernambuco, nesta sexta-feira (10), o governador Paulo Câmara inaugurou o novo prédio da Escola de Referência em Ensino Médio (EREM) Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, localizada em Capoeiras. A nova unidade beneficiará aproximadamente 1.200 alunos dos municípios de Jucati, Caetés e do distrito de São Bento, além de Capoeiras.

O novo prédio foi construído no padrão das escolas de referência do Estado. A estrutura conta com 18 salas de aula, três laboratórios, biblioteca, refeitório, quadra poliesportiva e um auditório. O investimento foi de R$ 4,4 milhões. A nova unidade funcionará nos três turnos, com aulas no período semi-integral, regular e Ensino de Jovens e Adultos (EJA).

HOMENAGEM - Filho de Eduardo Campos, João Campos representou a família em uma homenagem. A quadra poliesportiva da escola foi batizada com o nome do ex-governador. “Estou emocionado e sei da importância que ele dava à educação. Ele entendia que só ela tinha o poder de mudar a realidade do nosso povo. Enquanto governador, meu pai soube ensinar ao Brasil como se faz educação pública de qualidade”, disse João, ao ressaltar que os alunos estavam recebendo não somente uma escola moderna, mas uma unidade capaz de atender pedagogicamente uma juventude cheia de vontade de aprender.

Fotos: Wagner Ramos/SEI

CRIAÇÃO DO SISTEMA MUNICIPAL DE MEIO AMBIENTE COMEÇA A SER DISCUTIDO EM GARANHUNS


Dando sequência às agendas para fechamento de parcerias, o secretário de Meio Ambiente e Recursos Hídricos de Garanhuns, Renato Mattos, esteve, quarta-feira (08), no campus Garanhuns do Instituto Federal de Pernambuco (IFPE) e na Unidade Acadêmica Garanhuns da Universidade Federal Rural de Pernambuco (UAG/UFRPE). Desde a semana passada, o titular da pasta vem se reunindo com o corpo acadêmico de várias instituições públicas de Ensino Superior do município, incluindo a Universidade de Pernambuco (UPE) e a Autarquia do Ensino Superior de Garanhuns (Aesga).

A ideia central é planejar ações que venham contribuir nas políticas públicas concernentes ao Meio Ambiente, sobretudo, por meio de projetos de extensão e convênios. “É preciso mais envolvimento dos estudantes em atividades relacionadas ao meio ambiente. Precisamos da colaboração de professores, também, para a elaboração conjunta de projetos de captação de recursos, além de outros documentos importantes, como o Sistema Municipal de Meio Ambiente, Plano Municipal de Saneamento e Plano Municipal de Mobilidade Urbana”, destaca o secretário Renato Mattos.

A elaboração de mapas, georreferenciamento, projetos para áreas de risco ambiental e estudos de fauna e flora também devem ser executados este ano. Garanhuns é a cidade-polo do Agreste Meridional e possui várias nascentes de água mineral.

ARCOVERDE ESTÁ ENTRE AS TRÊS CIDADES ESCOLHIDAS PARA CRIAÇÃO DO CURSO DE MEDICINA


Arcoverde, Araripina e Salgueiro são os três municípios pernambucanos da lista de 22 cidades selecionadas pelo Governo Federal para a criação de cursos de Medicina em instituições particulares. As localidades estão localizadas em oito estados do Norte, Nordeste e Centro-Oeste, regiões com menor proporção de vagas de graduação e médicos por habitantes.

A medida faz parte da estratégia do Programa Mais Médicos para ampliar a oferta do curso superior nas regiões que mais precisam. “A criação de cursos de Medicina é uma das medidas mais estruturantes do Mais Médicos, pois permite chegarmos a meta de 600 mil médicos em todo o país até 2026. Mas sabemos da importância de expandir as vagas invertendo a lógica que existia antes. Agora, vamos ampliar a formação médica conforme as necessidades identificadas pelo governo federal”, destacou o ministro da Saúde, Arthur Chioro. “Os municípios são chamados a aderir e a se comprometer com as condições para abrir os novos cursos. Este edital permite ampliar a formação médica com a qualidade adequada para a população”, afirmou.

Segundo o ministro da Educação, Luiz Cláudio Costa, “o novo edital dá seguimento à política de expansão de vagas de graduação por meio do Mais Médicos, corrigindo assimetrias regionais no que se refere a proporção de médicos por habitantes e selecionando cidades com condições de atender os critérios de qualidade.”

O edital foi publicado no Diário Oficial da União desta quinta-feira (2). As prefeituras interessadas deverão confirmar participação entre os dias 13 e 24 de abril, por meio da página do Ministério da Educação (http://simec.mec.gov.br). Esta é a segunda seleção de municípios para abertura de cursos de Medicina desde o lançamento do Mais Médicos. Na primeira, realizada em 2014, 39 cidades de 11 estados tiveram cursos autorizados, com previsão de 2,4 mil novas vagas.

Foto: Reprodução

MAIOR PARQUE ABERTO DE PERNAMBUCO FICARÁ EM CARUARU


Moradores do bairro da Nova Caruaru serão beneficiados com o maior parque aberto de Pernambuco. A extensão do equipamento de lazer em construção passa dos 11 mil metros quadrados. O projeto inclui pista de caminhada com 700ms lineares, playground, duas quadras de areia, uma quadra poliesportiva, área com equipamento para exercícios, espaço infantil com 75m² e pista de skate. O verde também será prioridade neste parque. Pelo projeto, outras 125 árvores serão plantadas, todas de grande porte. A iluminação será alta e complementada por luminárias baixas, principalmente nos pontos de deslocamento dos caminhantes. 

A obra ultrapassou os 80%. Ainda neste semestre a população será beneficiada com este projeto que trará mais qualidade de vida para caruaruenses. Caruaru já se coloca como a mais bem dotada cidade de Pernambuco em espaços de lazer de caráter contemplativo, em relação direta com a natureza, equipadas com atualizados equipamentos que ajudam a desenvolver a vida saudável. Mesmo assim, o bairro São Francisco também ganhará um parque fechado com cerca de 16 mil metros quadrados. Durante reunião de monitoramento, ocorrida esta manhã, o prefeito José Queiroz também atualizou com representantes das secretarias de infraestrutura, desenvolvimento rural, serviços públicos, Participação Social, URB e Destra, o andamento das obras do Parque do São Francisco e do canteiro central da avenida Caruaru, no Maria Auxiliadora. 

O Parque do São Francisco recebeu destaque durante essa reunião. O paisagismo avançou bastante nos últimos dias e as obras gerais estão em fase de finalização. Além de acompanhar o andamento das obras e do paisagismo, o prefeito enfatizou o objetivo de entregar dos dois espaços de lazer e a avenida Caruaru até o fim do mês de maio. Portanto, o ritmo dos trabalhos continua sendo intenso.

TERMO DE ACORDO PÕE FIM À POLÊMICA ENTRE A CELPE E OS MUNICÍPIOS


Depois de muitos embates, finalmente a Celpe e a Amupe chegaram a um acordo sobre a transferência dos ativos de iluminação pública para os municípios. O acordo foi firmado através de um termo construído pela Amupe e Celpe, com a colaboração do Ministério Público, CREA e Alepe e divulgado nesta terça-feira (7) durante reunião no Plenarinho III da Assembleia Legislativa.

O Termo prevê um período de transição de 60 dias, a contar a partir da assinatura do documento para a transferência parcial do sistema. Neste período a Celpe  ficará responsável pela manutenção, operação e a correção de eventuais falhas apontadas pelo município após conferência. Só então será assinado o contrato de transferência definitivo.

O Termo de Acordo terá vigência até 31.12.2015 e apenas aqueles casos em que não haja consenso pelas partes irão para judicialização. Nos discursos da reunião de ontem, tanto a concessionária como os prefeitos esperam que isso não aconteça. “Em nome da Amupe, nós agradecemos a todos que se empenharam para que se chegasse a esse consenso que é benéfico para todos, especialmente para a população que saberá a quem recorrer a partir de agora”, afirmou a prefeita Débora Almeida, de São Bento do Una, na ocasião representando o presidente José Patriota que não pôde comparecer. O prefeito Francisco Dessoles, de Iguaracy também participou do encontro.

A deputada Raquel Lyra e o promotor André Menezes elogiaram a postura dos envolvidos e a disposição em chegar numa solução viável para o problema. “O Ministério Público se fará presente sempre que chamado a colaborar para o bem estar da população”, afirmou Menezes. “Quando vimos num blog a chamada do Tribunal de Contas para que a Alepe entrasse na discussão já pensamos em promover a audiência pública, que aconteceu durante o Congresso Pernambucano de Municípios e estamos muito felizes com o desfecho, parabenizo a todos pela disposição e boa vontade”, finalizou a deputada Raquel Lyra.

A Amupe esteve intermediando as negociações em nome dos prefeitos pernambucanos, mas a assinatura do Termo cabe a cada município. Para tanto, a instituição está convocando uma Assembleia para o próximo dia 22/04 onde os prefeitos serão convidados a assinarem o documento. Aqueles que desejarem antecipar o processo já podem procurar a Celpe e formalizar o acordo.

Confira o documento na íntegra:

LANÇADO EDITAL PARA INSTALAÇÃO DE CURSO DE MEDICINA NOS MUNICÍPIOS PERNAMBUCANOS


O governo lançou na última quinta-feira, 2 de abril, edital voltado aos Municípios que tenham interesse em receber cursos de medicina. O anúncio está previsto para ser feito pelos ministros da Saúde, Arthur Chioro, e o interino da Educação, Luiz Cláudio Costa.

A ampliação de vagas nas universidades faz parte de estratégia do Programa Mais Médicos. Até 2018, a iniciativa pretende aumentar em 11,5 mil o número de alunos na graduação de medicina e 12,4 mil residências médicas.

O ministro interino da Educação, Luiz Cláudio Costa, informou que o novo edital de abertura de vagas em cursos de graduação em medicina ampliará em 1,887 mil o números de alunos em universidades privadas. “Essa parceria dá um passo além para qualquer cidadão que quer se formar em medicina. Passa a dar um sentido a isso”, disse.

A secretária de Regulação e Supervisão da Educação Superior (Seres), Marta Abramo, esclarece que o novo edital de abertura de cursos de medicina no interior do País avalia a infraestrutura das cidades e não apenas a necessidade pelas vagas de graduação. “Se o critério fosse só pela necessidade (de cursos) teria um número muito maior de municípios. Mas temos a clareza de que não adianta levar os cursos de medicina para uma região que não tem as condições”, disse.

De acordo com Marta, o governo já identificou ausência de condições de municípios que se candidataram a abrir cursos de medicina na rodada anterior de seleção, que recebeu 215 propostas e aprovou apenas 39 delas. Sete que não foram aprovadas recebem assessoria do Ministério da Educação para se adequar. “A gente aponta quais são as fragilidades e concede um prazo para o município se adequar. É uma questão do município ter condições e empenho”, afirmou.

GOVERNO DO ESTADO RETOMA A DUPLICAÇÃO DA PE-160


O Governo de Pernambuco vai retomar a restauração e duplicação de um trecho de 12 quilômetros da PE-160, que liga Santa Cruz do Capibaribe ao distrito de Pão de Açúcar. O investimento será de R$ 64,4 milhões e a rodovia será entregue em 18 meses. O governador Paulo Câmara, que está no Agreste para o Todos por Pernambuco, foi ao município autorizar a intervenção nesta quinta-feira (9).

         “A duplicação é uma necessidade da região, pois vai oferecer mais condições para desenvolver esse importante polo de confecções. Eu não tenho dúvida que o caminho para o crescimento é esse: melhorar a infraestrutura e promover a qualificação profissional. Sabemos que Pernambuco tem que se desenvolver por inteiro, aproveitando o potencial de cada região”, argumentou Paulo Câmara, referindo-se também à entrega da Escola Técnica Estadual do município.

Além de ajudar no desenvolvimento do polo de confecções - o segundo maior do Brasil -, a obra vai elevar a segurança na PE-160, outra prioridade do Governo.

Câmara garantiu ainda que o Estado vai continuar trabalhando para transformar a vida dos pernambucanos. "Oferecendo mais educação e mais emprego. O Brasil está vivendo momentos difíceis, mas nós estamos determinados a vencer todos os desafios nos próximos quatro anos, fazendo com que Pernambuco continue no rumo certo, no rumo das transformações”, finalizou Paulo.

          Foto: Wagner Ramos/SEI

SANTA CRUZ DO CAPIBARIBE VAI GANHAR UMA UPAE


Durante passagem por Santa Cruz do Capibaribe, no Agreste, nesta quinta-feira (09.04), onde inaugurou a Escola Técnica Estadual José Nivaldo Pereira e autorizou e autorizou a restauração e duplicação da PE-160, o governador Paulo Câmara, o secretário estadual de Saúde, Iran Costa, e o prefeito do município, Edson Vieira, assinaram o termo de formalização da doação do terreno onde será erguida a Unidade Pernambucana de Atenção Especializada (UPAE) do município. O local fica localizado no km 12 da PE-160, na propriedade de Curral Picado. 

Com um investimento de, aproximadamente, R$ 13 milhões na obra e compra de equipamentos, a unidade contará com ambulatório de especialidades médicas com consultas em diversas áreas e um moderno centro de diagnósticos, onde serão realizados vários tipos de exames, laboratoriais e de imagem. 

“As UPAEs são ferramentas fundamentais para aumentarmos a oferta de consultas e exames especializados no Interior. Essa unidade em Santa Cruz do Capibaribe faz parte do nosso programa de Governo, que estamos concretizando. Com toda a rede de UPAEs em funcionamento, esperamos amenizar as dificuldades que os moradores do interior precisam enfrentar para conseguir consultas com especialistas”, explica o secretário de Saúde, Iran Costa. 

Ao todo, mais de R$ 200 milhões estão sendo investidos na construção de UPAEs em todo o Estado, no que já é o maior investimento da história de Pernambuco em assistência de média complexidade. Nove unidades já estão em funcionamento: Petrolina, Arcoverde, Afogados da Ingazeira, Serra Talhada, Caruaru, Garanhuns, Salgueiro, Limoeiro e Belo Jardim.

SUAPE CRESCE 23,6% EM MOVIMENTAÇÃO DE CARGAS NO PRIMEIRO BIMESTRE


O Porto de Suape iniciou o ano batendo recorde na movimentação do primeiro bimestre com 3,19 milhões de toneladas de cargas, 23,6% a mais que o mesmo período de 2014, quando circularam 2,58 milhões de toneladas. Com o resultado, Suape estabeleceu a melhor marca para um bimestre e para um único mês, já que encerrou fevereiro com 1,63 milhão de toneladas, um crescimento de 5,1% em relação a janeiro, que tinha registrado o último recorde. Em relação a fevereiro de 2014, a movimentação foi 29,3% superior, quando passaram por Suape 1,26 milhão de toneladas.

Do total movimentado no bimestre, 69% foram granéis líquidos (2,19 milhões de toneladas), grupo de carga responsável pelo aumento e que cresceu 43% em relação ao primeiro bimestre do ano passado. Os combustíveis foram as principais mercadorias que passaram por Suape, com crescimento de 45%, das quais se destacaram óleo diesel (516 mil toneladas), óleo combustível (448 mil toneladas), óleos brutos (399 mil toneladas) e querosene de aviação (246 mil toneladas). O início da operação da primeira etapa da Refinaria Abreu e Lima, em dezembro passado, contribuiu para o incremento na movimentação.

As outras mercadorias foram contêineres (22% – 728 mil toneladas), granéis sólidos (8% – 234 mil toneladas) e carga geral solta (1% – 37 mil toneladas). “Suape vem batendo sucessivos recordes, o que demonstra que a realização de melhorias na infraestrutura e manutenção portuária, nos últimos anos, ampliou nossos níveis de atendimento e trouxe maior eficiência para as operações, acarretando nesses aumentos constantes na movimentação”, explicou Thiago Norões, secretário de Desenvolvimento Econômico e presidente de Suape, que apresentou os dados durante a 21ª Intermodal South America, nesta quarta-feira (8/4), em São Paulo. Esta é a 15º participação de Suape no evento, que é o maior em logística da América Latina.

O porto também registrou um grande crescimento nas cargas transportadas por cabotagem, que é a navegação costeira entre os portos de um mesmo país. Os embarques e desembarques de cabotagem somaram 2,05 milhões de toneladas de cargas, um aumento de 34% ou mais de meio milhão de toneladas em relação aos dois primeiros meses de 2014. A navegação por longo curso (importação e exportação) também cresceu e fechou o bimestre com uma alta de 6,6%. Quanto ao fluxo de navios, o porto recebeu 245 embarcações, 15 a mais que em 2014.

         Os resultados obtidos por Suape no primeiro bimestre demonstram que o porto está caminhando para se consolidar como um hub port, ou seja, porto concentrador e distribuidor de cargas para as Regiões Norte e Nordeste do país. No ano passado, Suape movimentou 15,2 milhões de toneladas de cargas e 418 mil TEUs, sendo o principal porto em movimentação de contêineres do Norte e Nordeste. Entre as mercadorias que passaram por Suape em 2014, destacaram-se óleo diesel (17%), GLP (16,6%), óleo combustível (9,2%) e gasolina (5,7%), além das cargas transportadas por contêineres que representaram 30,8% da movimentação.

GOVERNO DE PERNAMBUCO E PORTO DE MIAMI FIRMAM PARCERIA PARA MOVIMENTAÇÃO DE CARGAS E PASSAGEIROS


A movimentação de cargas e passageiros entre o Brasil e os Estados Unidos deve crescer nos próximos anos. O secretário de Desenvolvimento Econômico de Pernambuco e presidente do Complexo Industrial Portuário de Suape, Thiago Norões, assinou, na quarta-feira (8/4), um protocolo de intenções entre os portos de Suape, Recife e Miami para construir uma relação de negócios entre as três unidades. O ato ocorreu na 21ª Intermodal South America, a maior feira de logística, transporte de cargas e comércio exterior da América Latina. O Porto de Miami, situado no estado da Flórida, é tido como a porta de entrada de cargas das Américas e se apresenta no 11º lugar em movimentação nos EUA, além de a própria Miami despontar como a capital mundial dos cruzeiros. Em 2013, quase 8 milhões de toneladas e 901 mil TEUs (unidade de contêineres de 20 pés) foram movimentados no porto estadunidense e cerca de 5 milhões de passageiros passaram pelo local.

“Firmaremos esta parceria porque estamos atentos às novas demandas que surgirão no setor portuário com a conclusão da ampliação do Canal do Panamá (prevista para 2016)”, declarou Norões, lembrando que o Estado de Pernambuco está para o Canal do Panamá no Brasil assim como o da Flórida nos EUA. “Sabemos que nossos portos estão próximos dos Estados Unidos em relação a outros terminais do Brasil e que temos a melhor capacidade de transporte de cargas e de passageiros do Nordeste. Isso nos credencia para explorar nossas vocações nesse compromisso com o Porto de Miami. Em Suape, podemos receber mais cargas de fora e ampliar a atividade de cabotagem, consolidando-o como um hub port (concentrador e distribuidor de cargas) para as regiões Norte e Nordeste do País. No Porto do Recife, podemos atuar na movimentação de passageiros e de cargas específicas, como açúcar, por exemplo”, explicou o secretário e presidente de Suape.

ATRASOS EM REPASSES DO FUNCULTURA SÃO CRITICADOS POR TERESA LEITÃO


Projetos culturais de diferentes áreas estariam com os cronogramas de pagamentos atrasados, devido a problemas com os repasses do Funcultura. A iniciativa é um fundo público do Governo do Estado que é destinado ao financiamento cultural por meio de seleção pública. O assunto foi abordado nesta quinta (nove de abril), pela deputada Teresa Leitão, do PT. 

Segundo a parlamentar, apenas 13% dos valores destinados aos editais de 2013 e 2014 foram repassados até o momento. Ela considerou a situação inadmissível e criticou a má gestão governamental. Em protesto à situação, agentes culturais do Estado estão fazendo uma manifestação na sede da Fundarpe - Fundação do Patrimônio Histórico e Artístico de Pernambuco, informou a petista. 

Outro pleito da deputada é a abertura de editais específicos para considerar as peculiaridades de cada linguagem cultural, como música, dança, teatro, entre outras. Ela cobrou posicionamento sobre a situação e pediu a abertura de diálogo com os agentes culturais. 

O vice-líder do Governo, deputado Tony Gel, do PMDB, afirmou que a Fundarpe tem interesse em resolver o problema e garantiu que os pagamentos vão ser honrados em breve. Ele destacou que os manifestantes que estão na Fundação vão ser recebidos pelos dirigentes da instituição.