quarta-feira, 28 de outubro de 2015

RACHA NO PSDB: Sai Claudomira, entra Ivan Júnior


Essa é destaque no JORNAL O MONITOR, já em todas as bancas:

O empresário do segmento de roupas e acessórios em Garanhuns, Ivan Júnior é desde o final do mês passado o mais novo filiado do PSDB. A filiação que causou uma enorme reviravolta no partido foi chancelada pelo atual presidente do diretório local Saulo Malta. Além de Saulo, legitimaram a entrada do empresário na sigla a ex-deputada estadual, hoje atual presidente da Junta Comercial de Pernambuco (Jucepe) Terezinha Nunes e os deputados estaduais Antônio Moraes (presidente da legenda no estado) e Claudiano Martins Filho (de Itaíba).

Quem não gostou nada da vinda e "consequente imposição" de Ivan como pré-candidato a prefeito foi a advogada Claudomira Andrade, antes vista como peça principal no ninho tucano para disputar a corrida eleitoral rumo ao Palácio Celso Galvão em 2016. Com a chegada de Ivan Claudomira foi aos poucos sendo removida da cena principal, que se tornou favorável em curto prazo ao jovem recém-chegado..

Saulo que chegou a dizer: “se alguém estiver insatisfeito, não podemos forçar ninguém a ficar”, tentou amenizar a situação alegando  que Ivan teria chegado ao partido com o consenso de todos. Além disso o presidente do diretório local do PSDB sempre deixou claro que dois nomes se mostravam melhor do que apenas um para viabilidade do processo: “Nós queremos ter dois pré-candidatos a Prefeito de Garanhuns para poder viabilizar um e disputar a Prefeitura com condições de chegar à vitória”, disse Saulo em recente entrevista.

Não funcionou e o racha aconteceu. Claudomira foi acolhida no DEM, que tem como maior liderança no estado o deputado Federal e líder da oposição na Câmara em Brasília, Mendonça Filho. Na saída a advogada levou consigo mais sete filiados, sendo eles Elizangela Fabricia, Ricardo Brasil, Paulo da Mochila, Mel da Mochila, André Sola, Irma Bispo e Edilson do Cartório.

.

Já Ivan permaneceu entre os tucanos e sem perder tempo vem montando seu projeto de governo, delegando responsabilidades a diversos nomes que passaram recentemente a compor a base de coordenação de campanha, caso do empresário Reinaldo Barros e do Militar de Carreira, ex-diretor do Hospital Municipal na gestão Luiz Carlos de Oliveira, Antônio Cândido.

Apesar do rompimento de Claudomira com o PSDB e do andamento atual da pré-candidatura de Ivan há quem diga que num futuro breve os caminhos tendem a se cruzar novamente, mais ainda, tendem a se unir, pois é consenso na cidade a possibilidade da formatação de um grande chapão oposicionista.

          Com informações do Jornal o Monitor
          Do grupo HC Comunicação

Nenhum comentário:

Postar um comentário