quarta-feira, 30 de setembro de 2015

“QUANDO DE FATO, ESTARÁ PRONTA A TRANSNORDESTINA?", questiona o deputado Miguel Coelho

Na reunião, segundo o deputado, será feito um relato do impacto desta
ferrovia para Pernambuco, Piauí e Ceará.

O deputado Miguel Coelho (PSB) anunciou, durante a Reunião Plenária desta terça (29), a realização de uma reunião da Comissão Especial do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), coordenada por ele, para discutir o andamento das obras da ferrovia Transnordestina. O encontro, a ser realizado na próxima terça (6), terá a participação do diretor de operações da Transnordestina Logística S/A (TLSA), Edson Pinto Coelho.

“Na ocasião, será feito um relato do impacto desta ferrovia para Pernambuco, Piauí e Ceará. Também será apresentado um balanço sobre a situação atual da obra, iniciada em 2005. Queremos saber quando, de fato, ela estará pronta”, explicou.

O parlamentar frisou que a ferrovia, orçada em R$ 9 bilhões, terá cerca de 1.750 quilômetros. Citando relatório do PAC, o deputado disse que o trecho de Salgueiro a Trindade está concluído, enquanto que o de Salgueiro a Suape e o traçado de Trindade a Eliseu Martins (PI) seguem em fase de construção, mobilizando mais de 6 mil trabalhadores.

       No pronunciamento, Miguel Coelho elogiou ainda a decisão do Operador Nacional do Sistema (ONS) de aprovar o aumento de 400 para 500 metros cúbicos por segundo na vazão da Barragem de Três Marias, em Minas Gerais, para suprir a deficiência do Lago de Sobradinho, na Bahia. A medida beneficia os perímetros irrigados de Petrolina e 130 mil pessoas, distribuídas em 13 municípios do Vale do São Francisco.

A obra da Transnordestina ligará, quando concluída, o Porto de Pecém, no Ceará, ao Porto de Suape, em Pernambuco, além do cerrado do Piauí, no município de Eliseu Martins,
num total de 1.728 km.

Nenhum comentário:

Postar um comentário