terça-feira, 11 de agosto de 2015

NA ALEPE Deputados prestam homenagem a Eduardo Campos

 Os deputados (as) Lula Cabral (PSB), Miguel Coelho (PSB) e Raquel Lyra (PSB) foram a tribuna 
e lembraram a trajetória do ex-Governador Eduardo Campos.

      Nesta segunda-feira (10), data em que o ex-governador Eduardo Campos  completaria 50 anos de idade, os deputados Lula Cabral (PSB), Miguel Coelho (PSB) e Raquel Lyra (PSB) foram à tribuna para lembrar a trajetória do político pernambucano, morto no ano passado. Autor do requerimento para realização de uma Reunião Solene em homenagem a Campos, Lula Cabral, o primeiro a discursar, aproveitou a ocasião para convidar parlamentares e população a participarem da cerimônia, a ser realizada às 18h desta terça (11), no Palácio Joaquim Nabuco. “Peço aos colegas deputados que estejam presentes na solenidade em homenagem ao governador que tanto fez por nosso Estado”, pontuou.

Em sequência, Miguel Coelho destacou o legado deixado pelo político pernambucano. “Três hospitais na Região Metropolitana, mais de 20 UPAs e 28 escolas técnicas são um pouco da obra de Campos, um político com otimismo e garra contagiantes”, lembrou o socialista. Seu discurso recebeu os apartes dos deputados Rodrigo Novaes(PSD), Aluísio Lessa (PSB), Silvio Costa Filho (PTB), Zé Maurício (PP) e Rogério Leão (PR).

“Campos nos deixou como lições sua coragem, ousadia e entusiasmo”, comentou Novaes. “Eduardo via a política como forma de transformar a vida das pessoas”, afirmou Lessa. “Tive o privilégio de trabalhar com Campos e aprender muito com esse grande político”, relatou Costa Filho. “Ele tinha a capacidade de fazer do sonho uma realidade”, disse Zé Maurício. “Foi o nosso maior líder”, completou Leão.

Por fim, a deputada Raquel Lyra apresentou o Projeto de Lei n° 270/2015, de sua autoria. A proposta, em tramitação na Casa, visa dar o nome de Escola Técnica Estadual Governador Eduardo Campos à unidade de ensino que será inaugurada no próximo dia 14 no município de São Bento do Una, no Agreste do Estado. “Uma homenagem para aquele que trabalhou incansavelmente pelo desenvolvimento econômico e social do Estado”, concluiu.

Homenagens

A solenidade que será promovida pela Alepe nesta terça-feira fará parte de uma série de eventos, realizados por diferentes instituições do Estado e do País, para homenagear Campos. O político, que foi governador, deputado estadual e federal por Pernambuco, além de ministro no governo Lula, teve sua vida interrompida no dia 13 de agosto de 2014, em um acidente de avião ocorrido em Santos, no Estado de São Paulo. Outras seis pessoas que acompanhavam Campos na viagem foram vítimas da tragédia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário