sábado, 8 de agosto de 2015

“MORADORES FAZEM O TRABALHO DA PREFEITURA DE GARANHUNS” diz internauta


“Será que é essa a cidade que agente quer?”. A frase é de uma moradora de Garanhuns, que como muitas, estão extremamente insatisfeitas com a atual gestão da cidade. Desconforto e descontentamento também cabem para o momento. Fazendo uso de um trocadilho, relacionado ao atual bordão do Governo Municipal que diz “Garanhuns a cidade que agente quer”, a cidadã Sabrina Leite usou do bom humor e de uma rede social (facebook) para retratar a realidade que vive hoje o bairro em que ela reside, o Magano, “abandonado”.

Por lá, segundo Gisele, moradores estão fazendo o trabalho da Prefeitura, removendo areia, entulho e metralha da frente das casas e de comércios. Como senão bastasse o fato da rua não ser calçada, os cidadãos ainda tem que viver com a ingrata necessidade de remover o acumulado em suas portas, seja em razão do advindo das chuvas, que é responsável pela chegada da areia às casas, seja em razão do despejo de entulho/metralha. Detalhe a retirada de areia, entulho/metralha é responsabilidade do Governo Municipal (havendo claro uma medida máxima estabelecida).

Em conversa com o Blog do Gidi Santos pessoas que residem naquela localidade se mostraram bastante insatisfeitas e apontaram para a atual gestão a responsabilidade pelo abandono em que vivem. “O prefeito esteve aqui antes das eleições e prometeu calçar nossa rua, mas até agora nada. Pior, nem remover areia ou metralha ele manda fazer aqui” disse uma moradora.

A mesma moradora relatou à nós que utilizou junto a outras pessoas parte de uma metralha (acumulado de entulho de construção) para tapar os inúmeros buracos que existem na rua. Porém basta que a chuva recaia sobre a cidade, o mesmo problema volta a ocorrer (isso todo inverno). Ainda segundo a moradora a solução seria mesmo a colocação de um calçamento.

Antes de finalizar ela disse que a Promotora de Justiça Drª. Marinalva Almeida orientou os moradores a promover um requerimento, encaminhando ele ao Ministério Público de Pernambuco para que assim possa ser dada a devida atenção por parte do órgão ao caso. Os moradores estão finalizando o documento e darão entrada no MPPE cobrando resoluções para rua em breve.


       Moradora do bairro do Magano, Sabrina Leite demonstra sua insatisfação através de uma 
           rede social de relacionamento (Facebook).

Nenhum comentário:

Postar um comentário