sexta-feira, 21 de agosto de 2015

Dom Moura será Hospital Escola


Durante solenidade realizada no município de Garanhuns, nesta quarta-feira (19/08), o secretário estadual de Saúde, Iran Costa, lançou projeto para certificação do Hospital Dom Moura, junto aos ministérios da Saúde e Educação, como Hospital de Ensino. O objetivo é que o serviço, referência para todo o Agreste Meridional, passe a atuar como campo prático de formação para novos profissionais de saúde.

O projeto busca qualificar a gestão e assistência oferecida na unidade, visando garantir as boas práticas de ensino e pesquisa de interesse para o Sistema Único de Saúde. “Esperamos fortalecer o papel de ensino e pesquisa dentro do Dom Moura. Assim, poderemos contribuir para formar o profissional de saúde na própria região, garantindo mão de obra qualificada para o SUS e possibilitando a descentralização dessa certificação para o Interior”, comentou o secretário Iran Costa.

O processo de credenciamento passa por diversas etapas e conta com uma série de protocolos. A expectativa é que a certificação ocorra até o segundo semestre de 2016, o que ampliará os programas de residência no Hospital Dom Moura.

Curso de preceptores – Ainda durante o evento, a Escola de Saúde Pública de Pernambuco (ESPPE) lançou o Curso de Aperfeiçoamento para Preceptores do Sistema Único de Saúde (SUS), que faz parte da implantação do projeto SUS Escola na V Gerência Regional de Saúde (Geres). Em Garanhuns, a execução do projeto contará com a participação da Universidade de Pernambuco (UPE).

Voltado para profissionais que atuam em serviços municipais e estaduais de saúde, o curso, que é semi-presencial, conta com uma carga horária de 180 horas aula. A expectativa da ESPPE é levar o trabalho para todas as Regionais de Saúde do Estado. “O curso é voltado para a formação de profissionais que exercem, ou podem vir a exercer, atividades no SUS, ampliando sua capacidade pedagógica e contribuindo para qualificação da assistência em saúde”, comentou a gerente da ESPPE, Célia Borges.

.

Presente no evento, o reitor da UPE, Pedro Falcão, comentou a importância do curso para a Região. “Essa ação é um divisor de águas na consolidação do polo de educação em saúde de Garanhuns e a UPE tem o compromisso da melhoria na formação educacional em saúde e vamos continuar investindo para qualificar o corpo docente da Universidade na região”, completou.

Atenção Primária – O secretário estadual de Saúde, Iran Costa, ainda participou do lançamento da Cartilha do Coordenador da Atenção Básica, voltada para os gestores Atenção Primária que atuam nos 21 municípios de abrangência da V Regional. A publicação foi elaborada com intuito de direcionar e esclarecer quanto ao papel e atribuições do coordenador, que deve gerenciar uma Atenção Primária fortalecida, acolhedora e resolutiva na gestão e no cuidado com o usuário nas demais Redes de Atenção.

"A gestão de saúde é dinâmica, e se faz necessária a busca pela atualização contínua dos gestores e trabalhadores do SUS, visto que novas políticas públicas, portarias e decretos, fazem parte da atividade cotidiana em busca de novas alternativas e soluções. A integração das ações e serviços que compõem a assistência à saúde municipal é fundamental para organizar e qualificar a assistência prestada ao usuário”, explicou a gerente da V Geres, Catarina Tenório.

O secretário Iran Costa elogiou a ação e falou sobre a importância da Atenção Básica. “A Atenção Primária é o elo de todo o nosso sistema de Saúde. Se ela funciona bem, nós vamos evitar muitas internações de alta complexidade, porque ela promove Saúde. Esse é um trabalho que merece ser replicado para todo o Estado”, finalizou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário