domingo, 29 de março de 2015

KIARA RIBEIRO, A PERNAMBUCANA DO AXÉ E ANDREIA AMORIM, A NORDESTINA DO ROCK DEVEM ESTAR NA PROGRAMAÇÃO DO 2º FESTIVAL VIVA DOMINGUINHOS


A Prefeitura Municipal de Granhuns, através da Secretaria de Cultura, que tem afrente da pasta Cirlene Leite, divulgou ontem sexta-feira (29), a grade dos habilitados para o 2º Festival Viva Dominguinhos. Por consenso, os nomes ainda não compõe definitivamente a programação, sendo em uma segunda triagem, e final, selecionados para subir ao palco e realizarem as apresentações. Abaixo disponibilizamos um link de acesso para lista dos nomes habilitados. Clique aqui.

Este ano os shows acontecerão entre os dias 30 de abril e 2 de maio; sempre na praça que recebe o nome do músico e cantor José Domingos de Moraes (Praça Mestre Dominguinhos). A promessa é de fomento a cultura local, turismo e comércio, que aquecem significamente a economia da cidade e região.

Nomes como Flávio José, Petrúcio Amorim, Alcymar Monteiro, Waldonys, Santanna e Dorgival Dantas já são dados como certos. Artistas locais, a exemplo de Kiara Ribeiro, Michelly Dos Anjos, Mourinha do Forró, Nando Azevedo, O Bom Kixote, Rogério e os Cabra e Sandoval Ferreira, entre outros deverão constar na programação oficial que será divulgada hoje (30) de março.

O Festival foi criado ano passado (2014) pela atual gestão em razão de homenagear o instrumentista, cantor e compositor Garanhuense, considerado o sanfoneiro mais importante do país. Falecido em 23 de janeiro de 2013 na cidade de São Paulo, Domingos como alguns chamavam conheceu o rei do Baião aos 8 anos. Aos 13, morando no Rio, ganhou a primeira sanfona de Luíz, que três anos mais tarde o consagrou como herdeiro artístico.


Kiara Ribeiro, cantora pernambucana de “Axé Music”, natural da cidade de Garanhuns, foi antecipada em matéria exibida no jornal O Monitor como atração confirmada a subir ao palco esse ano. A jovem que iniciou sua carreira interpretando músicas do gênero mais popular entre os nordestinos, o forró, mudou sua trajetória artística e hoje é “Amante” da música Baiana. Com um show especialmente montado para homenagear o seu conterrâneo Dominguinhos, a jovem promete emocionar o público.

.

          Andreia Amorim, ao que tudo indica estará entre os selecionados. A exemplo de Kiara, a rockeira também começou cantando forró, em seguida se rendendo ao rock, mpb e música lírica. Ganhou 2 festivais de música e arte, promovidos pelo então Deputado a época, Izaías Régis. Gravou diversos cd’s, fez parcerias e shows, inclusive com Roberto Menescal, artísta bastante conceituado no meio, viajou em turnês para apresentações fora do país e agora retorna a cidade para uma segunda performance no palco, a primeira ocorrida no Garanhuns Jazz e Blues Festival no mês passado (fevereiro).

FALA GIDI SANTOS:
         
          As duas divas cantoras Kiara Ribeiro e Andreia Amorim tem muito em comum. A começar são duas exuberantes, elegantes mulheres. Lindas, mais ainda com suas vozes. Talentosas, harmoniosas e carismáticas. Beleza... esse não parece ser o mérito da questão. Perdoem o trocadilho: a Pernambucana do “Axé” e a nordestina do “Rock”. 

     Mais ainda em comum, hoje são loiras e começaram cantando forró. Kiara costumar dizer: “A Bahia nasceu em mim”. Andreia em entrevista a Jô Soares na rede Globo disparou: “Cantei forró por uma questão de sobrevivência. Não tenho nada contra, mas gosto mesmo é de rock.”
         
        Em um festival de prerrogativa a contemplar a música de autêntica essência de regional, guitarras baianas, atabaques, além de um Blues com Country com contratempo acentuado (rock and roll), invadirão os espaços, na perspectiva insinuante de ser tão homogêneo e saudoso como o forró, xaxado e baião. Se insinue...

.

Nenhum comentário:

Postar um comentário