quinta-feira, 18 de setembro de 2014

POP SHOP E MERCADO 18 DE AGOSTO; PREFEITURA DE GARANHUNS NÃO CUMPRE PLANEJAMENTO DE PROJETO

                                                   Imagem/ Reprodução Internet PopShop

O “Pop Shop”, tratado por muitos como mercado de marcas e gêneros populares de Garanhuns, criado na gestão do então Prefeito Silvino de Andrade Duarte, abriga hoje um grande número de negociantes que antes eram taxados de ambulantes. Roupas, alimentos, celulares, sapatos, importados e os mais variados artigos são comercializados em comum por pessoas que são de Garanhuns ou que moram em Garanhuns. O espaço é naturalmente um promovedor de geração de emprego e renda, além de contribuinte ativo de impostos para o município.

Não menos importante, o Mercado 18 de agosto parece, assim como o Pop Shop, passar despercebido pela prefeitura, que tempo atrás criticava arduamente aquele comércio.

Hoje, percorridos quase 21 meses de governo Izaías nada efetivo foi realizado quando nos referimos a estrutura e logística dos citados mercados. Reforma, reestruturação ou demolição do 18 de Agosto, esqueçam, nada aconteceu.

ENTENDA O CASO POP SHOP E MERCADO 18 DE AGOSTO:

Em julho de 2013 era noticiado que: A CEAGA - Centro de Abastecimento de Garanhuns, a principal feira de cidade, e que tem também a venda atacadista de frutas e legumes, seria ampliada. Ganharia estrutura de mais dois mil metros quadrados e receberia os comerciantes de carnes e estivas do Mercado 18 de Agosto. O Pop Shop acabaria e os comerciantes seriam relocados para o Mercado 18 de Agosto, que teria a parte de confecções e produtos importados em um novo andar.

“O Mercado 18 de Agosto é um exemplo de como não se deve tratar a venda de produtos alimentícios, principalmente carne. Na verdade, aquele lugar há muito passou de ser interditado”, afirmava o Secretário de Planejamento da Prefeitura de Garanhuns, Fernando Nunes naquela época.


                       Imagem do Projeto da Prefeitura para o "Novo 18 de Agosto"

Disse ainda o secretário: "A nossa principal avenida será transformada. Precisamos resgatar seu charme e glamour. A Avenida Santo Antônio terá sua beleza mostrada para as pessoas contemplarem. Deve diminuir o tráfego de veículos no centro da cidade. Vamos fazer cortes nas vias dos bairros, teremos os binários. Na UPE, novos acessos melhorarão o trânsito. Na Rua do Corrente, que será mão única, cortaremos o tráfego que vem ao centro com o asfalto que liga ao Bairro de Heliópolis. A culinária de Garanhuns estará no novo Mercado Público, será de fato um shopping popular”.

PROTESTOS DOS COMERCIANTES:

Há algum tempo, mais precisamente no mês de agosto de 2013, houve uma intensa movimentação realizada pelos próprios comerciantes do 18 de agosto e Pop Shop em defesa de não serem removidos de suas instalações no centro.

O apelo para que tal projeto do executivo local não fosse seguido caminhou pelas ruas da cidade ganhando espaço e voz junto aos que o viam passar. “É uma injustiça”, gritavam os comerciantes.

          Imagem do Projeto da Prefeitura para o "Rua Santos Dumond desobstruída"

Com o tempo, ficou definido pelo executivo local que não mais seria dado prosseguimento a mudança de lugar desses comerciantes. Assim sendo, continuariam no mesmo lugar, coisa que ocorreu.

O Pop Shop e o Mercado 18 de Agosto continuariam onde estão. Contudo, muitas outras questões figuraram, e ainda figuram por lá.

QUESTIONAMENTOS NO POP SHOP:

Referente a restruturação, adaptação ou inclusão de equipamentos ou objetos que contribuam para um melhor acolhimento das pessoas naquele ambiente; mais objetivamente; uma cobertura para o lugar, que foi sinalizado em algumas conversas ainda no governo Silvino Duarte lá atrás, quando da possível viabilidade de instalação.

Em relação ao trânsito; passagem, parada e estacionamento de veículos de pequeno, médio e grande porte, há de se observar o fluxo que diariamente é visto por lá, que “corta o Mercado Pop Shop”. Ele apesar de pequeno é de risco eminente visto a proximidade das calçadas aos pedestres, provocando rotineiramente acidentes, principalmente com idosos que são menos atenciosos e são surpreendidos com o pequeno espaço entre eles e os veículos.

OUTRAS QUESTÕES QUE REQUEREM ATENÇÃO:

*Investimento em qualificação dos profissionais de Venda.
*Revisões dos valores pagos pelos comerciantes ao município
*Segurança no local e proximidades
*Sinalização horizontal e vertical
*Iluminação da área e arredores
*Demolição e erguida de novo prédio do mercado 18 de agosto

Imagem / Reunião entre comerciantes e Prefeito Izaías

A prefeitura de Garanhuns, ainda realizou reunião com comerciantes das duas áreas, Mercado 18 de Agosto e Pop Shop em que ficou definido diversos pontos. Participaram da reunião além dos comerciantes o Secretário de Desenvolvimento Econômico Geandré nogueira, o Secretário de Planejamento, Fernando Nunes e o Prefeito do município Izaías Régis.

PRINCIPAIS PONTOS DEFINIDOS:

Entre os tópicos apontados por Geandré Nogueira, secretário de Desenvolvimento Econômico está: nova edificação, espaços internos projetados para esse tipo de comércio, serviços de segurança, condições para ações conjuntas e de atração ao público, transportes de fácil acesso ao público consumidor, comunicação visual para lojas, espaço para atividades culturais e manutenção.  “O Pop Shop é, sem dúvida, uma potencialidade econômica de Garanhuns. Com um espaço maior, numa melhor infraestrutura de ocupação, os lojistas com certeza terão aumento de público consumidor e poderão concentrar o ponto de venda que proporcione bem-estar físico aos vendedores e compradores”, comentou, ainda.

Quanto à intervenção que pode ser feita no Mercado 18 de Agosto, o secretário de Planejamento, Fernando Nunes, pontuou que a ação seria estratégica, já que, atualmente, o prédio não está adaptado para a demanda e possui problemas estruturais antigos. “São 87 boxes no térreo e 98 no piso superior. Os banheiros estão precários, carnes e cereais são vendidos sem higiene adequada, falta visibilidade, que prejudica o acesso”, detalha.

Potencialidades – No projeto que vem sendo desenvolvido, o novo Mercado 18 de Agosto teria a viabilização para mais um pavimento, uma praça de alimentação, área de convivência, espaço de artesanato e um mirante. Com a capacitação dos profissionais, acesso integrado para deficientes, oferta de banheiros, iluminação, ventilação e vagas para estacionamento no entorno, a intervenção centralizaria um novo polo turístico cultural para o município e para a região do Agreste Meridional.

Ainda de acordo com Fernando Nunes, o plano, após as discussões junto aos trabalhadores e o sinal positivo para as obras, iniciaria com a regularização da titularidade do prédio, seguida da participação popular em discussões com a sociedade na finalização do projeto. “Precisamos estabelecer as estratégias, monitorar o funcionamento para trazer um padrão de qualidade à sociedade. Faremos em conjunto com o prefeito, sociedade e com os comerciantes”, esclarece.

O projeto na época foi orçado em dois milhões de reais, mas os recursos ainda não estavam alocados, fato que chamava atenção. Tendo ou não tendo recursos em caixa, o fato é que nada saiu do papel.


                          Imagem / Comerciantes protestando defronte a Prefeitura

          Abaixo disponibilizamos um vídeo em que caminhando pelo centro da cidade, comerciantes colocaram no ar por meio de um carro de som a fala do então senador, hoje licenciado e candidato a governador de Pernambuco, Armando Monteiro dizendo que tudo seria exponencialmente melhorador e resolvido com os comerciantes do Pop Shop e Mercado 18 de Agosto.

Da redação;
          Texto: Gidi Santos

UPAE GARANHUNS REFERÊNCIA NO ATENDIMENTO

                                                                                           Foto/ Reprodução Internet

A UPAE Garanhuns oferece diariamente diversos exames a pacientes dos 21 municípios da regional de saúde, além de consultas com médicos especialistas e as cirurgias eletivas. Os exames são solicitados pelos médicos que atendem na nossa Unidade Pernambucana de Atendimento Especializado, de acordo com as necessidades dos pacientes. Chama atenção os equipamentos de última geração e profissionais capacitados, que operam a tecnologia à disposição.

*Na área de Gastro
 Os pacientes contam com Endoscopia e Colonoscopia
*Em Cardiologia
 Eletrocardiograma e Ecocardiograma
*Na Otorrinolaringologia
Audiometria e Impedanciometria
*Em Neurologia
 Eletroencefalograma

    No setor de oftalmologia, os pacientes podem dispor de paquimetria, campo visual de biometria. Além disso, alguns exames são gerais, como aqueles realizados no laboratório, raio-x e ultrassonografia.
         
       Além das especialidades acima citadas, a UPAE Garanhuns tem também atendimentos não médicos, como fisioterapia, psicologia, nutrição e enfermagem.

COMO FUNCIONA?

 O paciente vai até o PSF de seu município, ou de seu bairro, para atendimento médico. Se for o caso, o médico solicita atendimento em alguma especialidade disponibilizada pela UPAE. A consulta é agendada no próprio município (PSF ou através da Secretaria Municipal de Saúde), através da regulação, e o paciente fica sabendo antecipadamente qual a data e horário da consulta, não precisando comparecer antes da data marcada.

A UPAE não dispõe de serviços de urgência, emergência e pronto atendimento.

Da redação;
Texto: O Monitor
Edição: Gidi Santos

MATEUS CORDEIRO: UMA ESTRELA NO CÉU DE SIMÔA

                                                                          Foto/ Reprodução Facebook
                                     Mateus Cordeiro

Mateus Cordeiro é um jovem garoto de 13 anos. Filho de Cid e Luciene é um artista nato. Toca sanfona, além de outros instrumentos de harmonia e disciplina. O jovem músico se apresenta por vezes no “Encontro dos Forrozeiros”, realizado sempre aos domingos no Parque Ruber Van Der Linder, conhecido popularmente com Pau Pombo. Muito extrovertido em conversa com nosso Blog ele afirmou que começou a tocar sanfona depois que viu um show do mestre Dominguinhos em Tracunhaém-PE.

“Depois do show ele me convidou para conhecer seu camarim. Eu achei ele muito simpático. Foi quando descobri que queria ser como ele. Nas minhas andanças, mesmo com pouco tempo de estrada, recebi muito incentivo dos sanfoneiros de Garanhuns. Faço participações em shows de amigos entre muitos outros. Isso me motiva a continuar tocando sanfona e cantando”, afirma Mateus.

O menino artista, ainda faz parte da Orquestra Sanfônica Garanhuns Dominguinhos, que tem como professor e maestro Éder dos Santos. Em recife Mateus tem instruções do professor Sanfoneiro Deivinho, músico de muita referência estadual.
         
         Apesar de “recém-descoberto”, Mateus tem todos os elementos necessários a um músico que almeja espaço no cenário; talento, carisma, desenvoltura. Com isso ele segue em sua constante corrida pra entreter nossa região e em breve, nosso país.
         
          Da redação;
          Texto: Selma Melo
Edição: Gidi Santos

TSE VOLTA ATRÁS E LIBERA SITE COM PROPAGANDA DA CANDIDATA DILMA ROUSSEFF

                                                                          Imagem/ www.mudamais.com

O ministro Herman Benjamin, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), reconsiderou nesta quinta-feira (18) sua decisão e determinou a liberação do site mudamais.com, da coligação Com a Força do Povo, da candidata à reeleição Dilma Rousseff. Na terça-feira (16), o ministro determinou que página fosse retirada do ar, por considerá-la como propaganda eleitoral irregular.

Benjamin reviu a decisão após recurso apresentado pelo PT, que alegou ser o proprietário do site. “Por se tratar de irregularidades de natureza estritamente formal, autorizo, desde logo, a retomada do sítio eletrônico”, decidiu o ministro.

A reclamação originária foi encaminhada ao TSE pela coligação Unidos pelo Brasil, da candidata Marina Silva (PSB). Na primeira decisão, o ministro entendeu que a página deveria ser retirada ao ar por não ter sido identificada como site oficial da campanha eleitoral de Dilma.


Agência Brasil

RIQUEZA DE 61 BILIONÁRIOS BRASILEIROS SOMA 8% DO PIB NACIONAL

                                                                        Imagem/ Reprodução Internet

A economia brasileira pode estar em recessão, mas o número de super-ricos no País cresce de forma exponencial. Neste ano, o Brasil soma um total de 61 bilionários e entra na lista dos 10 países com o maior número de pessoas que formam parte da elite da economia mundial.

Os integrantes desse seleto grupo tem uma fortuna que corresponde a 8% do Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro e é maior que a economia de cem países diferentes, incluindo Nova Zelândia, todos os milhões de cidadãos de Bangladesh juntos ou a nova fronteira econômica asiática, o Vietnã.

Dados divulgados pelo banco UBS apontam que o Brasil subiu duas posições no ranking das economias com o maior número de bilionários, ocupando pela primeira vez a 9.ª colocação no ranking de 2014. O ranking contabiliza o número de pessoas com ativos e fortunas acima de US$ 1 bilhão.

Com um crescimento de 22% em um ano, o Brasil soma mais bilionários que economias tradicionais, como a da França, Itália Canadá e Japão. No total, esses brasileiros acumulam uma fortuna de US$ 182 bilhões. Em apenas um ano, o Brasil ganhou 11 novos bilionários.

A cidade de São Paulo acumula 36 bilionários, a capital dos super-ricos da América Latina e a sexta maior do mundo. Juntos, eles acumulam recursos no valor de US$ 91 bilhões. 61% dos super-ricos paulistas construíram as próprias fortunas e 83% nasceram no Brasil. Mas um terço deles nem sequer tem um título universitário.


Folha - PE

PNAD 2013, RENDA CRESCE, MAS DESIGUALDADE AUMENTA; ANALFABETISMO CAI


O governo aproveitou os resultados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) 2013, divulgada nesta quinta-feira pelo INGE, para defender as políticas social e econômica da presidente Dilma Rousseff. Às vésperas do primeiro turno das eleições, os ministros da Educação, Henrique Paim, do Desenvolvimento Social, Tereza Campello, e da Secretaria de Assuntos Estratégicos (SAE), Marcelo Néri, convocaram a imprensa para dizer que o “Brasil melhorou muito”, em especial para os mais pobres. A Pnad, no entanto, mostrou aumento da desigualdade e dos índices de desemprego.

Os três ministros destacaram uma série de aspectos positivos da pesquisa, como o aumento de 5,5% na renda, a redução do trabalho infantil, além da elevação da taxa de escolarização. Néri, que falou sobre renda e mercado de trabalho, ressaltou que a taxa de ocupação no país caiu de 61,8% em 2012 para 61,2% em 2013. Mas ressaltou que isso ocorreu nas faixas etárias mais jovens, o que pode significar que as pessoas estão ficando mais tempo na escola , o que é “um avanço qualitativo”.

Os jovens estão mais voltados para o estudo — disse o ministro, cujos cálculos mostram uma melhora da desigualdade em 2013, o que não foi verificado pelo IBGE. Os outros ministros também foram otimistas em relação aos números.

O Globo

QUASE METADE DOS DOMICÍLIOS BRASILEIROS TEM COMPUTADOR, MOSTRA PNAD

                                                                                Imagem/ Agência Brasil

Entre os bens duráveis, a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad), divulgada hoje (18) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), mostra que o total de domicílios com computadores subiu de 46,4% para 49,5%, de 2012 para 2013. No Nordeste, as casas com esse equipamento cresceram 14%. Dos 32,2 milhões de domicílios brasileiros com computadores em 2013, 28% tinham acesso à internet.

A proporção de internautas cresceu de 49,2%, em 2012, para 50,1%, no ano seguinte. A pesquisa do IBGE indica que, em 2001, 12,6% das unidades residenciais tinham esses aparelhos e, em 2013, esse percentual evoluiu para quase metade dos domicílios. Já as moradias com computador ligado à internet aumentaram de 8,5% para 43,7%, na mesma comparação.

Aproximadamente 86,7 milhões de pessoas com 10 anos de idade ou mais acessaram a internet no período de referência em 2013. O crescimento observado foi 2,9% ou 2,5 milhões de usuários. Segundo o IBGE, esse foi o menor índice de expansão registrado a partir de 2008. A taxa de crescimento no número de internautas atingiu o pico de 21,6% de 2008 para 2009. O aumento de internautas com 10 anos ou mais que acessaram a internet em 2013 alcançou maiores percentuais nas regiões Nordeste (4,9%) e Sul (4,5%), com menor índice de ampliação no Norte (0,4%).

A gerente da Pnad, Maria Lúcia Vieira, analisou que o aumento do consumo de bens duráveis, principalmente de computadores, resulta da elevação do rendimento da população. “A gente ainda tem muito a avançar em termos de acesso à internet. Ainda não atingiu a população como um todo”, destacou a gerente da Pnad.

Por gênero, as mulheres, com quase 45 milhões de indivíduos, lideraram os acessos à internet no Brasil, seguidas por 41,7 milhões de homens. Ambos mostraram aumento em comparação a 2012: 43,3 milhões e 40,8 milhões, respectivamente.

Por outro lado, caiu o número de moradias com rádio e DVD, de 2012 para 2013 – queda decorrente das mudanças tecnológicas, segundo o IBGE. Em relação ao rádio, o número caiu de 80,9% para 75,8% e, sobre os aparelhos de DVD, de 76% para 72,4%. Já a quantidade de casas com máquina de lavar evoluiu 7,8%, assim como aquelas com carro, de 42,5% para 43,6%. A proporção de domicílios com moto permaneceu estável: 20% em 2012, e 19,9%, no ano seguinte. Na mesma situação, ficaram os domícilios com fogão e televisor (98,8% e 97,2%, respectivamente).

Agência Brasil

ARTISTAS DE PERNAMBUCO LANÇAM MANIFESTO E PEDEM CULTURA NA PAUTA ELEITORAL

                                                          Imagem/ Coligação Cultura Facebook

Um grupo formado por mais de 1.200 artistas, produtores e profissionais das mais diversas áreas e segmentos artísticos lançou um manifesto, na segunda-feira (15), que reúne 12 propostas para o setor e que será encaminhado aos candidatos ao governo de Pernambuco. A chamada Coligação da Cultura quer, sobretudo, que os postulantes considerem o tema no debate eleitoral e em seus planos de governo.

O documento está assinado por cerca de 600 pessoas, entre elas os músicos Alceu Valença, Fábio Trummer, Karina Buhr, Pupillo (Nação Zumbi), Zé Brown, Hélder Aragão (DJ Dolores); os produtores Ana Garcia (Coquetel Molotov), Paulo André Pires (Abril Pro Rock) e Antonio Gutierrez (Rec Beat); e os cineastas Kléber Mendonça Filho e Neco Tabosa. A coligação informou que está entregando, formalmente, o texto para cada candidato. Já há uma fanpage do grupo no Facebook, para troca de ideias e informações.

O produtor Vinícius Carvalho, um dos articuladores do manifesto, explica que a ideia nasceu pela falta de discussão sobre cultura no contexto eleitoral e de clareza nos programas de governo. O documento se propõe a ser um instrumento para a pactuação e o compromisso dos postulantes sobre a política pública que será desenvolvida para o setor, nos próximos quatro anos.

"Esse movimento é motivado por esse novo momento histórico, onde as pessoas estão querendo participar da política, e os guias eleitorais e programas de governo estão descolados da realidade. Hoje, a discussão com a sociedade é superficial ou até nula, como no caso da cultura. Estamos fazendo o processo inverso: ao invés de a população ser pautada pelos guias, ela vai pautar o debate eleitoral, dizer o que interessa e cobrar posicionamento”, disse.


G1

COMPLEXO DE SUAPE AMPLIA ÁREA ALFANDEGADA

                                                                                       Imagem/Divulgação

O Complexo de Suape ganhou um novo porto seco, ampliando sua área destinada à importação e à exportação de mercadorias em 9%, passando de 557,2 mil metros quadrados para 607,2 mil metros quadrados. A área alfandegada, localizada às margens da PE-60, foi construída pela Wilson Sons Logística e possui 50 mil metros quadrados. A autorização concedida pela Receita Federal foi publicada no Diário Oficial da União no último dia 11/9 e a previsão de início das operações é imediata.

Batizada de Estação Aduaneira de Interior (Eadi) Suape, o espaço recebeu um investimento de R$ 11 milhões e está preparado para receber, principalmente, produtos químicos, farmacêuticos, bebidas, cosméticos e cargas de projeto, com capacidade de movimentar 29 mil TEUs por ano. “Uma nova área de alfandegamento trás mais opções para as empresas, tornando Suape um porto ainda mais competitivo”, destacou o diretor de Gestão Portuária de Suape, Leonardo Cerquinho.

O novo terminal se soma ao Centro Logístico Suape, também administrado pela Wilson Sons Logística, expandindo, assim, a área alfandegada da empresa em 172%, passando de 29 mil metros quadrados para 79 mil metros quadrados. Além da Wilson Sons, o Complexo de Suape conta com outras ofertas de áreas alfandegadas: Tecon Suape, com 370 mil metros quadrados; Localfrio, com 90 mil metros quadrados; Porto Seco JSL, com 58,2 mil metros quadrados; e Fedex/Rapidão Cometa, com 10 mil metros quadrados.


Blog Gov. - PE