sexta-feira, 29 de agosto de 2014

FILHA DO SERINGUEIRO CHICO MENDES DIZ QUE MARINA SILVA É UM PONTO DE INTERROGAÇÃO

                                                                                                              Imagem/Chico Mendes

Filha do ex-líder seringueiro Chico Mendes, Ângela Mendes publicou texto em seu perfil no Facebook  em que declara apoio à reeleição da presidente Dilma Rousseff (PT) e classifica a candidata Marina Silva (PSB), que começou sua trajetória política ao lado de seu pai, como um “enorme ponto de interrogação”.
Eleitora de Marina no primeiro turno e de Dilma no segundo, em 2010, Ângela qualificou como “infeliz comparação” a declaração da ex-senadora, feita durante o debate entre os presidenciáveis na Band, na última terça-feira (27), de que Chico Mendes também fazia parte da “elite”.
A comparação feita por Marina também foi rebatida ontem pelo Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais de Xapuri (Acre). Em nota, o sindicato afirmou não concordar com a política ambiental defendida pela ex-ministra do Meio Ambiente e defendida por ela nos dias atuais.
Na mensagem publicada no Facebook, Ângela diz respeitar e admirar a trajetória de vida e o esforço da ex-senadora do Acre, que, alfabetizada apenas aos 16 anos, tornou-se uma das principais referências mundiais na questão ambiental. Mas isso, por si só, segundo a filha de Chico Mendes, não credencia a ex-ministra do Meio Ambiente a governar o país. Ela critica as decisões tomadas por Marina desde que deixou o PT.
CRÍTICAS:
“Marina pra mim ainda é um enorme ponto de interrogação, pra começar: desistiu do PT (utopia do passado) quando poderia ter resistido como fazem hoje tantos PTistas históricos mesmo não tendo o mesmo espaço que a elite que tenta dominar o partido, não resistiu à pressão enquanto ministra quem me garante que vai resistir à pressões ainda mais forte se eleita presidente?”, questiona.
Ângela também questiona as “concessões” feitas pela cúpula do PSB para alavancar a candidatura de Marina. “Terá ela realmente liberdade pra governar? Não sei, como será esse mandato em rede, apenas com os melhores? Quem são esses melhores e quais critérios serão utilizados pra escolha desses ‘melhores’?” 
A filha do ex-líder seringueiro assassinado em 1988 em Xapuri, no Acre, diz que suas “dúvidas” são para Marina e suas “esperanças”, para Dilma. Na eleição de 2010, Ângela chegou a gravar um vídeo divulgado na internet em que dizia ter votado em Marina, então candidata pelo PV à Presidência, no primeiro turno. “Votei na Marina por lealdade à história dela com o meu pai”, declarou à época. Mas cobrava apoio da ex-ministra do Meio Ambiente à candidatura de Dilma no segundo turno.
DEBATE NA BAND:
A declaração de Marina sobre Chico Mendes, seu amigo pessoal e aliado na luta dos seringueiros no Acre, surgiu quando a candidata foi questionada por Levy Fidélix (PRTB) por suas ligações com o empresário Guilherme Leal, da Natura, e a socióloga Neca Setúbal, herdeira do banco Itaú.
“Não tenho preconceito contra a condição social de nenhuma pessoa. Quero combater essa visão de apartar o Brasil, de que temos de combater as elites. O Guilherme faz parte da elite, mas os ianomâmi também. A Neca é parte da elite, mas o Chico Mendes também é parte da elite”, disse. “Essa visão tacanha de ter de combater a elite deve ser combatida. Eu quero governar unindo o Brasil, e não apartando o Brasil. Pessoas honestas e competentes temos em todos os lugares”, afirmou.
Folha - PE

EX-PREFEITO DE BREJÃO JOSERALDO É CONDENADO POR FRAUDE PELA JUSTIÇA FEDERAL

                                                                                                     Imagem/Joseraldo a Direita

A Justiça Federal em Pernambuco (JFPE)  condenou o ex-prefeito de Brejão, no Agreste de Pernambuco. Joseraldo Rodrigues da Silva é acusado de ter fraudado um procedimento licitatório realizado em 2005. Outros três membros que trabalhavam na comissão de licitação do município e o empresário favorecido também foram condenados.

De acordo com a assessoria de imprensa do Ministério Público Federal (MPF), a licitação foi de um convênio entre o município e o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento para reformar o Mercado Público Municipal de Brejão. "Após fiscalização da Controladoria Geral da União (CGU), no entanto, foram constatadas várias irregularidades no procedimento licitatório, como a inexistência de documentação da habilitação fiscal das empresas participantes e a falta de projeto básico da obra", explica o departamento.

A assessoria informou também que um inquérito da Polícia Federal verificou outros problemas como "a participação da mesma pessoa física representando empresas diferentes na mesma licitação, não publicação do edital em jornais de grande divulgação e a participação de empresa fictícia no procedimento".

A condenação foi de dois anos de detenção e pagamento de multa, as quais foram substituídas por penas alternativas. Os reús poderão recorrer.


G1

PESQUISA DATAFOLHA MOSTRA DILMA E MARINA EMPATADAS TECNICAMENTE

                                                                                                                     Imagem/Divulgação

Pesquisa Datafolha sobre a corrida presidencial, divulgada nesta sexta-feira (29), indica uma situação de empate entre a presidente Dilma Rousseff (PT), candidata à reeleição, e a ex-senadora Marina Silva, candidata do PSB. Cada uma aparece com 34% das intenções de voto. A seguir, vem o senador Aécio Neves (PSDB), com 15%. Na pesquisa anterior do Datafolha, divulgada no último dia 18, Dilma tinha 36%, Marina, 21% e Aécio, 20%.

Na simulação de segundo turno entre Dilma e Marina, a ex-senadora alcançou 50% contra 40% da presidente. Na pesquisa anterior, Marina tinha 47% e Dilma, 43%.

No levantamento desta sexta, Pastor Everaldo (PSC) obteve 2%. Os outros sete candidatos somados têm 1%. Segundo o levantamento, os que disseram votar branco ou nulo são 7%, mesmo percentual dos que não sabem em quem votar.

Veja os números do Datafolha para a pesquisa estimulada (em que uma cartela com a relação dos candidatos é apresentada ao entrevistado):
- Dilma Rousseff (PT): 34%
- Marina Silva (PSB): 34%
- Aécio Neves (PSDB): 15%
- Pastor Everaldo (PSC): 2%
- José Maria (PSTU): 0% *
- Eduardo Jorge (PV): 0% *
- Luciana Genro (PSOL): 0% *
- Rui Costa Pimenta (PCO): 0% *
- Eymael (PSDC): 0% *
- Levy Fidelix (PRTB): 0% *
- Mauro Iasi (PCB): 0% *
- Brancos/nulos/nenhum: 7%
- Não sabe: 7%

(*) Os candidatos indicados com 0% são os que não atingiram 1% das intenções de voto; somados, os sete têm 1%.

A pesquisa foi encomendada pela TV Globo e pelo jornal "Folha de S.Paulo". O Datafolha fez 2.874 entrevistas em 178 municípios nestas quinta (28) e sexta (29). A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos. O nível de confiança é de 95%. Isso significa que, se forem realizados 100 levantamentos, em 95 deles os resultados estariam dentro da margem de erro de dois pontos prevista.

A pesquisa está registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o número BR-00438/2014.

G1

NOVOS CARGOS PARA POLÍCIA RODOVIÁRIA FEDERAL

                                                                                                                      Imagem/Divulgação

A Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) vai analisar nesta terça-feira (2) Projeto de Lei da Câmara que cria 969 funções gratificadas no Departamento de Polícia Rodoviária Federal (DPRF). A proposta é o primeiro item da pauta de votações e será votada em Plenário em seguida.

De iniciativa do Poder Executivo, a lei cria, além das funções gratificadas, 384 funções de confiança e cinco cargos em comissão. Seus ocupantes deverão exercer atividades de direção, chefia e assessoramento e serem titulares de cargos efetivos dentro do próprio órgão. Quem exercer uma dessas funções comissionadas terá direito a um adicional, que não será incorporado à remuneração do cargo efetivo nem vai integrar os proventos de aposentadoria.

As funções de confiança estão distribuídas por quatro níveis, devendo a maior ser fixada em R$ 5.132,83 e a menor, em R$ 1.336,71, a partir de janeiro de 2015. Ao mesmo tempo em que cria os novos cargos, o projeto extingue seis funções gratificadas e 53 cargos em comissão.

Na pauta da CCJ consta ainda a inclusão de papiloscopistas entre os peritos oficiais. Inclui ainda entre as carreiras típicas de Estado atividades próprias das profissões de engenheiros, arquitetos e engenheiros agrônomos, quando realizadas por servidores públicos efetivos.


Agência Senado

31 DE AGOSTO É PRAZO FINAL PARA LICENCIAMENTO DE VEÍCULOS TERMINADOS EM 5,6 E 7

                                                                                                                       Imagem/Divulgação

31 de agosto de 2014 é o prazo-limite para que os condutores de veículos com placas terminadas em 5,6 e 7 dirijam portando o documento do veículo do ano passado. Depois dessa data, só terá validade o documento do veículo de 2014.

Os veículos de placas terminadas em 8,9 e 0 podem continuar circulando com o documento de 2013 até 30 de setembro.

O documento do veículo, cujo nome oficial é Certificado de Licenciamento Anual (CLA) também pode ser chamado de Certificado de Registro e Licenciamento Veicular (CRLV) e é de porte obrigatório. Circular com o CRLV fora do prazo de validade é infração gravíssima, cuja multa é de R$ 191,54, estando a ela associado o recolhimento do veículo. Esta infração gera sete pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH).


Governo de Pernambuco